O Que Você Procura ?

Quantos dentes nós temos na boca?

dentista2

Afinal, quantos dentes nós temos na boca? Você já pensou sobre isso? Essa resposta depende de algumas condições, sendo uma delas a idade. Normalmente crianças e adultos possuem um conjunto de dentes diferentes. Por isso, separamos algumas informações sobre esse assunto para você no texto de hoje, confira.

Quantidade de dentes que tem na boca de uma criança

Geralmente por volta dos seis meses de idade, as crianças têm sua dentição iniciada. O termo técnico utilizado para classificar esses dentes, são dentes decíduos, porque certamente eles caem. Muitas pessoas conhecem esses dentes com o nome de dentição infantil, costumam ser chamados também de dentes de leite ou dentição primária.

As crianças têm, ao todo, 20 dentes de leite, sendo 10 na parte superior e 10 na parte inferior.  Sendo assim, esses dentes funcionam como marcadores de posição para os dentes adultos que nascerão depois que os de leite caírem. É muito importante lembrar que não é só porque esses dentes já estão condenados a cair que eles não precisam de cuidados da mesma forma como se cuida dos dentes permanentes.

O ideal é que desenvolva uma alimentação saudável e incentive bons hábitos de escovação assim que os primeiros dentes começarem a nascer.  A partir dos seis anos a maioria das crianças começa a perder os dentes de leite, esses que serão substituídos por dentes permanentes. Dessa forma, esse processo tem continuidade até o início da adolescência.

Leia também: Conheça os modelos de aparelho ortodôntico

Adultos, quantos dentes nós temos na boca?

Os adultos possuem mais dentes do que as crianças, a maior parte dos adultos possui cerca de 32 dentes. Sendo eles, 8 incisivos, 4 caninos, 8 pré-molares e 12 molares (incluindo 4 dentes siso). Normalmente, a maioria das pessoas tem o conjunto completo dos dentes assim que entram na adolescência. É normal os adultos extraírem os dentes siso, ás vezes não existe espaço suficiente para que esses dentes cresçam de maneira confortável e sem provocar desalinhamento dos outros dentes.

A anatomia e imagem dos dentes

Os dentes além de serem essenciais para a mastigação, desempenham um papel muito importante na fala.De acordo com a imagem dos dentes, as partes dos dentes incluem:• Esmalte: a parte externa mais dura e branca do dente . O esmalte é feito principalmente de fosfato de cálcio , um mineral duro como uma rocha.
Dentina: uma camada subjacente ao esmalte. É um tecido duro que contém tubos microscópicos. Quando o esmalte é danificado, calor ou frio pode penetrar no dente por esses caminhos e causar sensibilidade ou dor.
Polpa: A estrutura interna mais suave e viva dos dentes. Vasos sanguíneos e nervos percorrem a polpa dos dentes.
Cimento: camada de tecido conjuntivo que liga as raízes dos dentes firmemente às gengivas e maxilares.
Ligamento periodontal: tecido que ajuda a segurar os dentes firmemente contra a mandíbula.Portanto, recapitulando, uma boca normal de um adulto possui 32 dentes, que (com exceção dos dentes do siso ) que irão eclodir por volta dos 13 anos de idade:Os incisivos (8 no total): Os intermediários mais quatro dentes nas mandíbulas superior e inferior.

Caninos (4 no total): os dentes pontiagudos do lado de fora dos incisivos.
Os Pré-molares (total de 8): dentes entre os caninos e molares.
Molares (8 no total): dentes chatos na parte posterior da boca, melhores para moer os alimentos.
E os Dentes do siso ou terceiros molares (total de 4): esses dentes entram em erupção por volta dos 18 anos de idade, mas geralmente são removidos cirurgicamente para evitar o deslocamento de outros dentes.

A coroa de cada dente se projeta na boca  e a raiz de cada dente desce abaixo da linha da gengiva, até a mandíbula.

dentista1

Higienização dos Dentes

Manter uma boa higiene bucal é muito importante para a saúde dos seus dentes, então, lembre-se sempre de manter os bons hábitos. Primeiramente, é importante escovar os dentes todos os dias, após as refeições, e também antes de dormir. Utilizar uma escova de dente adequada, com cerdas macias e creme dental com flúor, também é essencial. Além da escovação correta, o ideal é utilizar também o fio dental entre todos os dentes, esse é um dos melhores caminhos para manter os seus dentes mais claros.

Ter uma alimentação saudável, fazer o controle da ingestão de alimentos doces, principalmente no intervalo das refeições, contribui da mesma forma para uma boa saúde bucal.

Alguns problemas de saúde bucal e condições dos dentes

Cárie: A bactéria que não for removida por escovação e saliva pode danificar o esmalte e estruturas mais profundas de dentes. A maioria das cáries ocorre em molares e pré-molares, a cárie dentária é um nome geral para a doença dos dentes.

Periodontite: inflamação das estruturas mais profundas dos dentes (ligamento periodontal, maxilar e cemento). A falta de higiene bucal é geralmente responsável.

Gengivite: inflamação da porção superficial da gengiva, ao redor e entre as coroas dos dentes. O acúmulo de placa e tártaro pode levar à gengivite .

Placa: Filme pegajoso e incolor, feito de bactérias e das substâncias que secretam. A placa se desenvolve rapidamente nos dentes após a ingestão de alimentos açucarados, mas pode ser facilmente removida.

Tártaro: Se a placa não for removida, ela se mistura com minerais para se tornar tártaro, uma substância mais dura. O tártaro requer limpeza profissional para remoção.

Sobre mordida: os dentes superiores se projetam significativamente sobre os inferiores.

Sob mordida: Os dentes inferiores se projetam significativamente além dos dentes superiores.

Ranger os dentes (bruxismo): Estresse, ansiedade ou distúrbios do sono podem causar o ranger dos dentes, geralmente durante o sono. Uma dor de cabeça maçante ou uma mandíbula dolorida podem ser sintomas.

Sensibilidade dentária: quando um ou mais dentes ficam sensíveis ao calor ou ao frio, isso pode significar que a dentina está exposta.

Como escolher um dentista?

Agora que você já sabe quantos dentes nós temos na boca, é hora de cuidar ainda mais do seu sorriso. Quando tratamos de saúde, não estamos falando de algo tão simples, por isso é muito importante que na hora de escolher quem vai cuidar de seu sorriso e de sua saúde bucal, seja um profissional qualificado.

Não caia nas tentações de propostas muito econômicas ou resultados milagrosos em poucos dias. Um bom tratamento odontológico requer tempo. Pesquise, estude, avalie e faça sua escolha de forma consciente e segura.

Se você está em dúvida sobre qual dentista escolher, nós te ajudamos nessa escolha também. A Clínica OralDents traz um novo conceito em Odontologia. Aliando conforto, tecnologia, técnicas avançadas e equipe qualificada, proporcionamos aos nossos clientes excelência em tratamentos odontológicos, oferecendo uma excelente relação custo-benefício.

Então, o que você estar esperando para garantir seu novo sorriso???

Clique aqui e agende sua avaliação!

E lembre-se, o dentista é um profissional preparado, com anos de estudos e será seu melhor amigo na sua saúde bucal, não tenha medo de dentista!

Afinal, gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário!

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!