O Que Você Procura ?

sialadenite

Sialadenite o que é e como tratá-la!

dentista2

Sialadenite é uma inflamação que ocorre nas glândulas salivares. Quando acontece este problema, a produção de saliva diminui, além de trazer outros transtornos.

Também é conhecida pelos nomes sialoadenite ou sialodenite.

Cabe as glândulas salivares produzirem saliva, que contribui com a digestão e protege as mucosas – tecido epitelial da boca.

Sendo assim, conheça aqui os problemas da sialadenite, desde os fatores para sua causa até como trata-la. Tenha uma boa leitura!

sialadenite o que é
Há diferentes tipos de agentes causadores da sialadenite. Que é uma infecção que pode causar dor e desconforto ao paciente.

Sialadenite, o que é?

Por se tratar de uma inflamação que atinge as glândulas salivares, geralmente acontece por causa de algum tipo de infecção por vírus ou bactérias.

Quando isso acontece, ocorre a obstrução por má-formação ou presença de cálculos salivares. Essa condição resulta em sintomas como o de dor na boca, vermelhidão e inchaço, principalmente na região abaixo da língua.

Antes de avançar para aprofundar o assunto, é preciso entender que existem vária glândulas na boca, como as parótidas. Por isso, é preciso que ao sentir qualquer sintoma descrito aqui, procure por um médio.

Isso porque a sialadenite, por apresentar um inchaço na região lateral do rosto, se assemelha a caxumba.

Apesar da sialadenite aparecer em quaisquer pessoas, sua incidência é maior em pessoas idosas ou pessoas com doenças crônicas e que tenham um histórico de desidratação.

dentista1

Sialadenite causas

Dessa forma, aqui estão algumas das principais causas da sialadenite:

Infecções

As glândulas salivares são um alvo fácil quando o assunto é vírus e bactérias. Quando expostas a esses microrganismos elas apresentem as alterações como dores, inchaço, entre outras.

Algumas das doenças ou distúrbios ligados a vírus e bactérias, temos a caxumba, a infecção viral. Há também a presença de outros vírus e bactérias, por exemplo, o Staphylococcus aureus, os Streptococcus e outras que causam essas infecções.

Desidratação

É uma condição que se caracteriza por baixa concentração de água, sais minerais e líquidos orgânicos no corpo, que a partir disso, o corpo fica impossibilitado de realizar funções normais.

Geralmente, pacientes que estão em um quadro de desidratação por causa de qualquer condição, apresentam uma redução da produção de saliva.

Novamente, pessoas idosas são suscetíveis a essa condição, afinal, com o passar do tempo a percepção de sede é alterada e a ingestão líquida pode ficar debilitada.

De qualquer forma, há muitas formas de se manifestar a desidratação e com ela, surgir sialoadenites, por conta de múltiplos fatores que ela desencadeia.

Xerostomia

Conhecida também como “boca seca”, é um problema crônico e caracteriza-se pela redução do fluxo salivar. Ou seja, o organismo produz menos saliva, de modo que prejudique a irrigação da boca, ou seja, altera as funções naturais na produção de saliva.

Pessoas com xerostomia tendem a ser mais suscetíveis à sialoadenite. Isso corre porque quando acontece a redução do fluxo salivar, que aumenta a suscetibilidade para infecções por vírus e bactérias.

Além disso, aumenta a propensão para a formação de cálculos (pedras) nos ductos/glândulas salivares.

Sialolitíase

Igualmente a xerestomia, a sialolitíase é o nome dado para a formação dos cálculos ou pedras que surgem nas glândulas. Essas formações dificultam o fluxo salivar, podendo até mesmo provocar a obstrução dos ductos.

Com o efeito da presença dessas pedras, ocorre também a redução do fluxo, que favorece a inflamação na glândula salivar. Isso também aumenta a suscetibilidade para que infecções causadas por vírus ou bactérias, desenvolvam a sialoadenite.

Tratamento oncológico

Para quem não sabe, é o termo utilizado para o tratamento de pacientes com câncer. Durante esse procedimento, diferentes reações ocorrem no organismo.

Por exemplo, pessoas submetidas à radioterapia na cavidade bucal, ou aquelas que fizeram algum tipo de tratamento com iodo radioativo para o câncer de tireoide, estão passíveis de terem complicação essa inflamação.

Síndrome de Sjögren

A Síndrome de Sjögren é uma doença reumatológica, auto-imune, ou seja, o próprio sistema imunológico do paciente cria mecanismos de defesa contra ele mesmo, nesse caso, seria contra a própria glândula salivar e as glândulas lacrimais.

Por causa das alterações que são feitas nesse processo leva ao surgimento da sialoadenite.

Má Higiene, Tabaco e Álcool

Por fim, quando não é feita de forma correta a higiene bucal, juntamente do uso de substâncias como bebidas alcoólicas e uso do cigarro levam a inflamações da mucosa oral, de forma que acontece a redução do fluxo salivar, originando a sialoadenite.

Sialadenite sintomas

Alguns dos sinais mais comuns da sialoadenite inclui:

  • Dor constante na boca;
  • Vermelhidão das mucosas da boca;
  • Inchaço da região por baixo da língua;
  • Febre e calafrios;
  • Boca seca;
  • Dificuldade para falar e deglutir.

Além desses sintomas, há casos em que as glândulas podem produzir até mesmo pus, que é liberado na boca, criando assim mau gosto e uma sensação de mau hálito.

Fatores de risco

Como já dito aqui, pessoas idosas estão no grupo de riscos da saliadenite. Porém, outros tipos de pessoas também apresentam riscos de ocorrência da doença, como:

  • Pacientes com idade acima dos 50 anos;
  • Pessoas que sofrem de anorexia;
  • Doentes crônicos com xerostomia;
  • Pessoas com síndrome de Sjögren, uma vez que essa doença autoimune ocasiona a inflamação da glândula salivar;
  • Pacientes em tratamentos com radioterapia na região da boca ou do pescoço.

Caso perceba a sensação de algum dos sintomas citados aqui, procure seu dentista ou médico para uma avaliação profissional. E se for algum paciente com uma das condições acima, não deixe também de procurar ajuda profissional, para que a saliadenite avance.

Saliadenite, como tratar?

O tratamento para a sialoadenite é feito de acordo com o que desencadeou a inflamação.

Portanto, medicamentos como anti-inflamatórios e analgésicos costumam ser utilizados para controlar os sintomas e reduzir o edema.

Porém, em casos que a saliadenite aconteceu por causa de infecção bacteriana, pode haver a necessidade do uso de antibióticos.

Já se o problema for provocado por sialolitíase, é necessário que seja feita a retirada do cálculo.

sialadenite tratamento
O diagnóstico prévio da sialadenite ajuda a identificar o causador da doença. Por isso, é preciso consultar um especialista.

Remédio caseiro para saliadenite

Assim como em outras doenças, pacientes buscam soluções caseiras. Apesar de não serem sempre indicadas, há remédios que ajudam a amenizar a situação, para dar tempo de ir em um profissional especializado.

Desse modo, essas são algumas técnicas naturais, que buscam ajudar e aliviar os sintomas. A partir disso, as mais indicadas incluem:

  • Suco de limão ou chupar uma bala sem açúcar:

Porque ajuda a produzir saliva, ajuda no descongestionamento das glândulas salivares, de modo que diminua a inflamação.

  • Compressa morna por baixo do queixo:

O uso de compressas ajuda a diminuir a congestão das glândulas afetadas. Portanto, se houver inchaço na lateral do rosto também, deve-se aplicar a compressa nesse local.

  • Bochechos com água morna e bicarbonato de sódio:

Essa combinação ajuda a reduzir a inflamação, limpar a boca e diminui a dor.

Por fim, a maioria dos casos de sialoadenite desaparecem sozinhos com o tempo, no entanto, as técnicas caseiras ajudam a aliviar o desconforto e acelerar a recuperação, mas não é indispensável a ida a um profissional especializado.

Garanta mais saúde ao seu sorriso e agende sua avaliação em nosso site, ao clicar aqui.

E se gostou do texto ou tem alguma dúvida, deixe aqui nos comentários!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!