O Que Você Procura ?

saburra lingual

Saburra lingual: o que fazer para tirar o branco da língua?

dentista2

A saburra lingual é uma das principais motivações para o mau hálito. Isso devido a falta da higiene adequada da língua, que muita das vezes é ignorada.

Você sabe quais são os sintomas de saburra lingual, suas principais causas e principais formas de tratamento? Veja aqui tudo o que você precisa saber:

O que é saburra lingual?

A saburra lingual é uma das principais consequências da falta de higiene bucal adequada da zona bucal e assim, da língua. Muito se fala dos problemas que afetam os dentes e a gengiva, fazendo com que a limpeza seja ignorada.

Dessa forma, há o acúmulo de células mortas, leucócitos, restos de alimentos e bactérias na língua, fazendo com que seja formada uma cobertura viscosa, esbranquiçada ou amarelada em sua superfície. Essa condição é bem comum diante da diminuição da produção de saliva.

Esse “tapete” formado no dorso da língua é uma condição bem comum, contudo, que não deve ser normalizada. A formação da placa bacteriana na língua pode ser a ponte para o aparecimento de outros tipos de problemas bucais, tais como o tártaro, cáries e doenças periodontais.

A saburra é mais comum ser detectada nas regiões médias e posteriores da língua. Os microrganismos da boca costumam se acumularem nas papilas gustativas, que por sua vez são bem difíceis de higienizar.

Quais são as principais causas da saburra lingual?

A saburra lingual é uma das principais complicações que atingem a língua. Entre os fatores que podem motivar a formação da saburra estão:

  • Higiene bucal inadequada;
  • Falta da escovação da língua;
  • Alimentação rica em açúcares e alimentos pastosos;
  • Ficar muito tempo sem comer;
  • Fatores psicológicos – uma vez que enfraquecem o sistema imunológico;
  • Produção insuficiente de saliva (boca seca);
  • Fissuras na língua – facilitando o acúmulo de restos de alimentos na língua;
  • Papilas gustativas elevadas.

É importante considerar também que a língua saburrosa pode ser um dos sinais que atingem a saúde não só bucal, mas também geral.

Entre as doenças que podem estar por trás desse problema estão alterações no estômago, problemas no fígado e diabetes, sendo importante conciliar as visitas ao dentista e ao médico em casos em que a cobertura não desaparece mesmo com a adoção de bons hábitos.

dentista1

saburra lingual como tratar

Como tratar a saburra lingual?

O tratamento para a saburra lingual é baseado na adoção de bons hábitos, não só quanto à higiene bucal, mas também quanto à alimentação. Contudo, mais importante do que tratar é prevenir, então considerar esses cuidados o quanto antes é capaz de evitar não só a formação da saburra, mas também outros problemas bucais ainda mais graves.

Manter uma higiene bucal completa, com uma escovação precisa pela mucosa bucal e língua, feita por uma escova de cerdas macias e creme dental fluoretado, além da passagem do fio dental e do bochecho com o antisséptico bucal, é essencial para a conservar a saúde bucal em dia.

A escovação da língua deve ser feita da forma correta, com movimentos de trás para frente.

A ajuda de um limpador ou raspador lingual pode promover uma melhor limpeza da língua em caso de alguma debilidade, evitando a formação da placa. Os limpadores devem ser usados da forma correta, já que do contrário a língua pode ser lesionada, descamada e prejudicada por arranhões.

Quanto a alimentação, priorizar alimentos saudáveis e fibrosos, e evitar alimentos muito açucarados e pastosos, é essencial para manter a boca livre de resíduos e para que a higiene bucal seja facilitada. Evitar ficar tempo em jejum também está entre as restrições.

Uma boa hidratação por água também faz parte dos cuidados, impedindo que o pH da boca fique ácido e propício a proliferação de bactérias.

Em casos em que a saburra lingual esteja associada a doenças do organismo o ideal é recorrer ao acompanhamento de um médico, já que só assim será feito um diagnóstico preciso do problema que esteja afetando o organismo, e assim, estabelecido o tratamento ideal ao problema.

Quais são as complicações que podem surgir da saburra lingual?

Como dito, o tratamento da saburra lingual evita que haja o aparecimento de uma série de complicações pela saburra.

Entre os problemas que podem surgir na falta do tratamento adequado estão:

Em casos mais severos de doenças periodontais, as bactérias presentes na saburra chegam a orofaringe e se espalham para os demais locais do corpo, proporcionando danos ainda mais graves, como a endocardite bacteriana, em que esses microrganismos chegam as artérias do coração.

A saburra lingual está comumente associada ao mau hálito, uma vez que suas bactérias liberam toxinas. Quando o mau hálito é causado pela boca seca, deve-se considerar que esse problema pode ser causado por doenças sistêmicas e infecciosas, sendo importante o acompanhamento médico e odontológico.

Visitas regulares ao dentista

É pelas visitas regulares ao dentista que é possível identificar e tratar a saburra lingual com mais eficiência.

Além disso, em caso de tártaro, cáries e doenças periodontais, é somente em consultório odontológico que se é possível tratar essas e outras causas.

É por meio das visitas periódicas ao dentista que procedimentos como a profilaxia (limpeza profissional) podem ser feitos, mantendo a zona bucal limpa e livre de complicações.

Por fim, pela avaliação do dentista podem ser feitas observações e indicações para que a saburra não venha ser mais um problema.

O indicado é que as visitas regulares ao dentista ocorram ao menos 2 vezes ao ano (de 6 em 6 meses).

Logo, a visita a uma clínica odontológica OralDents visa não só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!