O Que Você Procura ?

rosto assimétrico

Rosto assimétrico: causas e como tratar

dentista2

Rosto assimétrico é quando há uma diferença entre os lados da face, sorriso, olhos, etc. Desse modo, muitos pacientes sentem-se inseguros, afinal, tal condição afeta a autoestima.

Entretanto, o que muitos não sabem é que há solução para isso e que na odontologia também é possível fazer o tratamento e dar adeus a este incômodo.

Sendo assim, confira aqui todas as informações necessárias a respeito do rosto assimétrico. Tenha uma boa leitura!

Rosto assimétrico o que é?

É caracterizada pela diferença entre os dois lados do rosto, problema que é mais comum do que se imagina. Porém, pode causar irregularidades sérias no organismo.

Apesar dessa condição, a assimetria facial costuma ser levada em consideração a partir do momento que o paciente sente incômodo no local.

A pessoa com rosto assimétrico consegue nota-la quando ela começa a interferir em funções comuns do corpo humano, como respirar e mastigar de forma diferente para cada lado, o que resulta em distúrbios.

Diante disso, os casos mais conhecidos de problemas causados pelo rosto assimétrico é o desvio de septo, que para tratar, necessita  de uma cirurgia que redefine a parede que divide as cavidades nasais.

Assimetria facial causas
Mulher se sentindo incomodada com seu rosto assimétrico.

Assimetria facial causas

É possível dizer que em grande parte dos problemas que causa o rosto assimétrico, é por causa da genética, contudo alguns hábitos nossos também podem levar as tais diferenças de proporção entre os lados da face.

Por isso, as principais causas do rosto assimétrico são:

dentista1
  • Dormir e comer sempre do mesmo lado, afinal, essa prática estimula um lado mais do que o outro.
  • Mastigação unilateral, que é um desvio em que a pessoa entende que é melhor mastigar somente de um lado da boca, que pode afetar também os olhos, de modo que um fique mais baixo que o outro.
  • Problemas respiratórios, como a sinusite, a bronquite e o desvio de septo (citado acima), podem ocasionar danos ainda mais sérios. Por causa da pessoa ficar muito tempo com a boca aberta faz com que ela tenha o céu da boca mais fundo, a língua mais próxima dos dentes inferiores e de forma que a cabeça ganha uma projeção para a frente.
  • Problemas dentários, musculares ou esqueléticos.
  • Doenças congênitas e traumas.

Porém, é imprescindível a visita ao consultório de um profissional, afinal, somente através de exames clínicos e radiológicos ele poderá determinar o que causou a assimetria facial e qual o melhor tratamento reduzi-la.

Rosto assimétrico, como descobrir se o meu é?

Com certeza, depois de ler este texto você está se perguntando se você tem ou não assimetria facial. Por isso, se você quer fazer o teste, há um exercício fácil que pode ser feito em casa.

Você sente dores de cabeça frequentes, enxaquecas, dor no pescoço e na cervical, na coluna em geral, nos membros superiores?

Caso sinta os sintomas acima, é possível que você tenha algum distúrbio em sua ATM (articulação temporomandibular). Por isso, faça o seguinte: coloque entre os dentes uma caneta ou lápis, por exemplo e observe se ele fica retinho ou fica torto, para cima ou pra baixo.

Quando há presença desse distúrbio, é possível que seu rosto e sua mordida estão assimétricos, já que sua ATM está “desencaixada” ou fora do padrão quando o teste deixa o objeto torto.

Apesar da praticidade, não ignore quaisquer sintomas. Desse modo, sempre leve em conta a opinião de médicos e outros profissionais.

Há também o PickHacks, por exemplo, que é um site que simula a simetria do seu rosto por meio de uma foto. Se optar por aplicativos, o Simetria Facial está disponível para IOS, porém sua versão para android não existe mais.

Rosto assimétrico, como corrigir?

Pelo fato da assimetria facial desorganizar funções da boca, pode ocorrer algo que damos o nome de dor miofascial – dor que muscular que manifesta em um ponto específico do corpo quando ela é pressionada, enxaqueca e fibromialgia.

A partir desses sintomas, o ideal é que procure ajuda de um especialista. Afinal, ele irá investigar sobre o seu histórico de saúde e pedir os devidos exames odontológicos para identificar o grau de assimetria.

Com isso, ele poderá chegar a conclusão se é um problema patológico, traumático ou genético.

Assimetria facial, como corrigir?

Você sabia que é possível corrigir o rosto assimétrico? Com algumas técnicas específicas, é possível amenizar o problema. Porém, a indicação pode variar de acordo com a origem do problema.

Sendo assim, confira abaixo algumas soluções:

Aparelho Ortodôntico

A assimetria causa desarmonia na parte óssea do rosto, a partir disso, para tratar esse distúrbio, o aparelho ortodôntico é a melhor opção, uma vez que ele alinha e ajusta o posicionamento dos dentes e da estrutura óssea da boca de forma correta.

Técnicas de Maquiagem

Se o paciente tem um grau menor de assimetria facial, tais técnicas ajudam a suavizar a aparência do local. Entretanto, apenas um procedimento mais profissional surtirá mudanças na disfunção do rosto assimétrico.

Execução de movimentos

A execução de movimentos melhora a aparência do rosto assimétrico e é frequentemente indicado por Fonoaudiólogos. Com isso, um guia de exercícios para desenvolver a musculatura da região, indicados também para quem sofre de linhas de expressões deixadas pela assimetria.

Reposicionamento do Maxilar

Quando acontecem casos mais graves de rosto assimétrico, o indicado é que haja uma intervenção cirúrgica. Neste caso, inclui cirurgias nas seguintes áreas: maxila e mandíbula, pare que são reposicionadas para que o equilibrar das funções orais seja retomado.

Botox Odontológico

O botox odontológico é capaz de tratar o sorriso gengival, por exemplo. A substância age na contração nervosa e deixa a musculatura estável, que deixa o contorno facial simétrico.

Mantenha sua saúde bucal em dia

Não há como corrigir assimetria do rosto sem passar pela avaliação de um bom profissional. Afinal, é ele quem irá analisar quais são as suas queixas e quais os resultados que ele poderá alcançar, para te apresentar as melhores opções e mais eficazes para seu tratamento.

É preciso reforçar que não há como corrigir assimetria do rosto, porém, há formas de tratá-la.

É possível amenizar a situação, de modo que é fundamental que a equipe forneça um suporte visando os bons resultados, além de um tratamento planejado, respeitando as necessidades e expectativas do paciente.

Há casos também que a ajuda profissional de um psicólogo ou psiquiatra, já que pode interferir na saúde mental, por causa do rosto assimétrico interferir na autoestima.

A partir disso, entenda que buscar ajuda profissional é essencial para que tenha sucesso neste ou em qualquer outro tratamento.

Ademais, mantenha sua saúde em dia, agende aqui sua avaliação e garanta mais saúde em seu sorriso.

E se gostou do texto, tem alguma dúvida ou sugestão, deixe aqui nos comentários!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!