O Que Você Procura ?

remédios caseiros para afta

Remédios caseiros para afta: 9 melhores formas de aliviar a dor

dentista2

Você conhece remédios caseiros para afta? A afta na boca se trata de um problema que atinge não só a saúde bucal, mas também a qualidade de vida. Muitas vezes acompanhada por dores e desconforto, é capaz de comprometer a estética da boca e suas funções vitais como a fala e mastigação.

Conheça aqui os 9 melhores remédios caseiros para afta e como fazer o uso para aliviar a dor.

O que é afta?

A afta se trata de uma úlcera rasa, esbranquiçada ou amarelada, de bordas avermelhadas, resultante de um processo inflamatório. O aparecimento dessa ferida é bem comum e tende aparecer em toda a mucosa bucal, gengiva, palato duro (céu da boca), na beira dos lábios, interior de bochechas e até mesmo na garganta.

Normalmente essas úlceras medem cerca de 1 cm de diâmetro e são bastante dolorosas, mas será que existe alguma causa para o aparecimento da afta?

A afta não é uma doença contagiosa e pode ser tratada por meio de mudanças de hábitos e cuidados simples. Isso se deve ao fato da afta não possuir uma causa específica e poder ser motivada por uma série de fatores como traumas e outras lesões bucais, falta de nutrientes (vitamina C, B12, ferro, zinco), sensibilidade alimentar e até mesmo doenças autoimunes.

Dessa forma, mesmo que na maioria das vezes a afta se trate apenas de um caso mais leve, o dentista ou um clínico geral deve ser consultado para que haja o diagnóstico da causa principal e o seu tratamento mais adequado.

melhores remédios caseiros para afta

Quais são os melhores remédios caseiros para afta?

A afta tende a desaparecer naturalmente, durando de 1 a 2 semanas. Contudo, pode motivar fortes dores nesse período, fazendo-se necessário adotar algumas medidas de alívio.

Dessa forma, o dentista pode indicar algumas abordagens e remédios caseiros para afta, ajudando a diminuir a dor, entre eles estão:

dentista1

1. Aplicação de compressa com gelo

O uso de uma compressa com gelo geralmente é uma das primeiras indicações feitas pelo dentista, já que o gelo é um anti-inflamatório natural. Dessa forma, o uso do gelo iria atuar amenizando os efeitos da inflamação ou atuando de forma imediata sobre o trauma.

Casos que envolvam acidentes por quedas ou choques possuem como indicação o uso da compressa fria, evitando e tratando a formação de edemas, e cicatrizando as aftas.

Para se fazer uma compressa de gelo o indicado é envolver um ou mais cubos de gelo com uma gaze ou pano limpo, podendo o gelo ser substituído por legumes congelados. A aplicação deve ser feita por 15 a 20 minutos, pelo menos 3 vezes ao dia.

2. Bochecho de água com sal

Essa segunda solução também é ótima para eliminar a afta na boca. O bochecho com solução de água com sal também é uma opção de promoção de alívio. Isso se deve ao potencial antisséptico do sal que ajuda a diminuir as dores e atua facilitando no processo de cicatrização da ferida.

O indicado é que a água esteja em temperatura morna para que assim seja feita a desinfectação da afta, controlando a quantidade de bactérias sobre a ferida.

Para que seja feita a solução é necessário misturar 1 colher de chá de sal em um ½ copo de água morna e realizar o bochecho de alguns minutos ao menos 2 vezes ao dia.

3. Bochecho com água e bicarbonato de sódio

Assim como o sal, o bicarbonato possui potencial antisséptico natural, uma vez que é composto por uma substância com base alcalina.

É por meio de seu poder como antisséptico natural que há a eliminação de micróbios e microrganismos, tal como o combate a infecções. Além da diminuição do número de bactérias, por seu pH o bicarbonato de sódio neutraliza a acidez bucal e diminui a irritação da afta.

Para ter acesso aos benefícios, é necessário apenas misturar 1 colher de chá de bicarbonato de sódio em ½ xícara de chá de água morna. O bochecho deve durar poucos minutos e logo após é necessário que se realize o enxágue bucal por água fresca.

4. Passagem de água oxigenada

A água oxigenada também pode ser uma alternativa de promoção de alívio ao aparecimento da afta, isso por seu potencial antisséptico.

Para que seja feita a aplicação, o indicado é que se utilize um cotonete umedecido com água oxigenada. Dessa forma, ele deve ser passado suavemente sobre toda a extensão da ferida.

Aqui também pode ser feito o gargarejo da solução, contendo 1 colher de sopa de água oxigenada diluída em meio copo de água. Contudo, essa abordagem é menos indicada, já que uma vez ingerida acidentalmente, a água oxigenada pode motivar uma série de riscos à saúde.

5. Bochecho ou ingestão de chás

Alguns chás específicos possuem funções medicinais e são capazes de promover um certo alívio à afta. Além das propriedades antissépticas, que estão inclusas na composição dos chás, os seus componentes calmantes também podem ser vantajosos no período de cicatrização da ferida.

Entre os chás que podem promover esses benefícios estão o chá de camomila, chá de eucalipto, losna, boldo e carqueja.

Dessa forma, pode ser feito apenas um bochecho de alguns minutos ou a ingestão do líquido pela adição de açúcar, o que é opcional.

Entre as demais opções envolvendo chá, o chá preto também pode estar entre as indicações, já que além de gerar alívio, possui taninos em sua composição, o que o adiciona um potencial adstringente, eliminando as impurezas da zona bucal.

Nessa abordagem é feita a aplicação do sachê de chá preto sobre a ferida. O sachê deve ser adicionado a uma xícara de água fervente e deixado em repouso, sendo logo após aplicado diretamente acima da ferida.

6. Aplicação de mel

O mel é um ótimo tipo de antisséptico, sendo capaz de aliviar o incômodo causado pela afta e de ainda hidratar a boca. Além de sua qualidade antisséptica, possui ação antimicrobiana e cicatrizante, bastando apenas a sua aplicação direta na ferida, algumas vezes ao dia.

7. Fricção com cravo-da-índia

Estando entre as principais medidas de alívio da afta, mascar ou chupar um cravo-da-índia seco, podem controlar o número de germes da boca e contribuir para com a cicatrização das aftas.

Aqui a diminuição do incômodo pode ser percebida dentro de alguns minutos, graças às propriedades analgésicas e antissépticas da especiaria. Dessa forma, o cravo promove a diminuição do incômodo enquanto promove a limpeza e a cicatrização da área.

8. Ingestão de iogurte natural

Ingerir um recipiente de iogurte com o probiótico bifidus é capaz de fortalecer as defesas naturais do organismo além de benefícios ao intestino. Sua ingestão reduz consideravelmente a acidez do estômago e da boca, controlando e tratando o aparecimento de aftas com rapidez.

9. Aplicação de extrato de própolis

Por fim, a aplicação de extrato de própolis é uma medida mais simples de se tratar a afta, graças a sua ação anti-inflamatória, bactericida e cicatrizante. Para que sejam percebidos os efeitos é necessário aplicar uma ou duas gotas sobre a ferida, dentre quatro a cinco vezes ao dia.

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são essenciais para o tratamento da afta.

É por meio dessas visitas periódicas que o odontologista é capaz de prevenir e diagnosticar precocemente a ferida através da análise da saúde bucal.

Dessa forma, é somente pela avaliação feita por esse profissional que pode-se ter acesso a recomendações não só de medidas de tratamento, seja por medicação ou remédios caseiros, mas também para a melhor realização de bons hábitos.

É muito importante que se preocupe quanto a uma boa alimentação, boas noites de sono e quanto a uma boa higiene bucal, evitando fatores de risco da afta, como acidez bucal e baixa imunidade.

A visita a uma clínica odontológica OralDents visa não só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!