O Que Você Procura ?

dor de dente

Remédio para dor de dente, quando usar e quais cuidados tomar?

dentista2

Remédio para dor de dente é um ótimo aliado quando não há como ir ao dentista. Porém, é preciso ter cautela ao usá-lo para que não aconteça uma reação contrária.

Sendo assim, este texto fala sobre algumas informações que é preciso saber quando se pensa em tomar algum tipo de remédio para o dente e como isso deve ser feito.

Tenha uma boa leitura!

Dor de dente, quais as causas?

Quando se pensa no assunto, a cárie é uma das causas mais comuns capazes em provocar dores nos dentes, podendo ir de um estágio moderado ao agudo.

Um dos motivos que origina a cárie é a falta de higiene bucal combinada com o consumo excessivo de alimentos doces.

A partir disso, o resíduo desses alimentos que fica na boca após as refeições, quando não é removido pela escovação, provoca o desequilíbrio no pH, ou seja, a boca fica mais ácida (porque precisa digerir esses alimentos) criando assim um ambiente propício para que a cárie possa se desenvolver.

Depois disso, na cavidade no dente há a possibilidade de que a cárie atinja o nervo do dente. Quando isso corre, é preciso fazer um tratamento de canal e quando não tratada, pode provocar a queda do dente.

remedio para dor de dente
Alguns dos remédios para dor de dente vem em cápsulas, em que o paciente as consome, preferencialmente com água para amenizar a dor.

Remédio para dor de dente, quando tomar?

Há diversos fatores que podem levar a uma dor de dente, por exemplo, a cárie, doenças periodontais, abcesso dentário, tratamento de canal, entre outros.

Agora, imagine a seguinte situação: é feriado e você viajou para outra cidade. Ao chegar nela, você sente uma pequena dor de dente, mas ignora a dor e tenta aproveitar ao máximo a viagem.

Entretanto, a dor voltou, e dessa vez mais forte. Por estar em outra cidade, não conhece um dentista que poderia te atender, mas além disso, é feriado prolongado. O que você faria?

dentista1

É nessa hora que o remédio para dor de dente entra em ação. Por não poder ir há um consultório dentista, o remédio pode cumprir com a missão de ao menos, minimizar a dor, mas qual remédio devo tomar?

Tipos de remédio para dor de dente

Quando se trata de dor de dente ou outro tipo de dor, alguns nomes vêm em mente, porém, os principais tipos de remédios que estão nessa lista são os anestésicos locais, os anti-inflamatórios e os analgésicos, que aliviam a dor e a inflamação.

Sendo assim, vamos aos tipos de remédios para dor de dente:

Anestésicos

É indicado para casos em que a dor de dente age diretamente nos nervos do dente permitindo um alívio muito rápido da dor. Nesta categoria, podemos destacar os seguintes fármacos: Benzocaína em gel 200 mg/g e Lidocaína pomada 50mg/g.

Os anestésicos são mais fáceis de encontrar, podendo ser comprado em farmácias e drogarias.

Porém, o uso deles pode ser prejudicial em casos de alergia — a anestesias, por exemplo, por grávidas e pessoas que fazem uso de medicamentos para arritmia cardíaca. Sendo assim, consulte um profissional antes da automedicação.

Anti-inflamatório

É um medicamento que tem por função impedir ou amenizar a reação de sintomas comuns da inflamação, como calor, rubor e dor, no caso, a dor de dente.

Este medicamento também apresenta uma ação antipirética – redução da febre, além dela, também reduz a inflamação – fator que pode causar dor, e apresenta a ação analgésica que diminui a dor.

Assim como o anestésico, o uso indiscriminado de anti-inflamatórios pode causar efeitos colaterais graves, como problemas no fígado, rins, gastrite e úlcera, entre outros.

Um exemplo de anti-inflamatório é o Nimesulida, que é um medicamento que pode ser usado para amenizar a dor de dente.

Analgésico para dor de dente

É um tipo de remédio que tem por objetivo reduzir ou aliviar as dores, por exemplo, de cabeça, musculares, à artrite, etc.

Há muitas variedades de analgésicos e cada um possui suas vantagens e riscos, já que algumas dores respondem melhor a certos medicamentos do que a outros.

Além disso, existe também o fato de que cada pessoa pode responder de uma forma diferente a cada remédio.

Quando vai consumir algum tipo de analgésico, é indicado que ele seja consumido com água, nunca com café, bebidas alcoólicas ou refrigerantes. Isso porque quando consumidos com algum desses itens pode causar danos ao fígado.

Mulheres grávidas não devem tomar analgésicos, porque a ação do medicamento pode danificar o mecanismo de coagulação do bebê. Pessoas com problemas nos rins, antecedentes de alergia, também devem evita-lo.

Remédio para dor de dente caseiro

Vamos voltar a viagem durante o feriado prolongado em que houve a dor de dente e não sabia o que fazer.

Quando a dor de dente aparece e não tem como ir há um profissional de imediato, existem algumas soluções práticas e caseiras que pode amenizar o problema.

Vamos a elas:

Compressa fria

Há casos que a dor de gente vem junta de um inchaço. Se for o caso, utilize uma compressa fria na parte fora da bochecha e alterne por um período de 20 minutos com compressa e 20 minutos sem.

Essa ação traz alívio por causa do frio que ajuda a “amortecer” a área, aliviando assim a dor de dente e reduz o inchaço e a inflamação.

Bochecho com água salgada

Se o dente está a dor e a gengiva também está inchada, uma solução para resolver o problema é a de enxaguar a boca com água morna salgada.

Adicione duas colheres de chá de sal em um copo de água morna. Bocheche essa mistura em sua boca e depois cuspa, esta ação pode oferecer algum tipo alívio.

É possível utilizar tanto a água fria quanto a quente, qualquer uma delas pode ser desconfortável quando está com dor de dente.

Entretanto, a água morna mais indicada, por ter uma função calmante na região que houver a dor. A partir disso, água morna irá aliviar a dor, e o sal ajuda a reduzir o inchaço no tecido gengival.

Porém, esse efeito é passageiro, de modo que seja necessário visitar um profissional o mais rápido possível quando o efeito passar.

Existem outros tipos de remédios caseiros para dor de dente, porém, se não procurar por um tratamento, a dor de dente pode piorar. Não recomenda-se a automedicação, porque pode ocasionar em diferentes tipos de lesões.

o que é bom para dor de dente
As dores de dente podem ocorrer por diferentes motivos, mas um dos principais fatores é a cárie dental.

O que é bom para dor de dente?

Embora exista as soluções de remédios para dor de dente, essa situação pode ser evitada, ao seguir cuidados como escovar e usar o fio ou fita dental.

Para ajudar nisso, confira as dicas que melhoram a saúde bucal:

  • Antes de escovar os dentes de manhã, fazer um gargarejo com vinagre de maçã, ajuda a remover manchas e clarear os dentes, além de matar bactérias e germes que vivem na boca.
  • Ao escovar os dentes, passe fio dental de manhã e à noite e, se possível, também sempre após as refeições. Porém, se não for possível escovar os dentes após comer algo, beba água e depois enxágue a boca com água.
  • Opte por uma escovação suave e demorada. Faça movimentos circulares ao escovar e continue assim por pelo menos dois minutos.
  • Vá ao dentista pelo menos duas vezes ao ano.

Por fim, a melhor forma para resolver uma dor de dente é indo ao consultório dentista para que ele possa identificar o motivo do problema e assim fazer o devido tratamento.

Quando não há essa possibilidade, opte por remédios para dor de dente caseiros, por serem menos agressivos dos que os fármacos.

Importante! Não se automedique, por causa das das diversas reações que podem acontecer. Por isso, se quer garantir a um sorriso saudável, clique aqui e agende sua avaliação.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida ou algum outro tipo de informação? Deixe aqui nos comentários!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!