O Que Você Procura ?

protese dentaria preço

Prótese dentária preço: qual o custo desse procedimento?

dentista2

A tecnologia mudou tanto, que hoje em dia, casos como a perda dos dentes possuem soluções mais simples. Mas o medo e a ideia de ser algo fora do orçamento assombra muitos brasileiros, por isso muitos se perguntam sobre a prótese dentária e o seu preço.

Por isso, reunimos aqui todas as informações necessárias sobre a prótese dentária do preço até o tratamento. Uma boa leitura ao longo do texto e vem comigo!

O que é a prótese dentaria?

Quando o assunto é saúde bucal, todo tipo de informação é importante, por exemplo, como é feito, quanto custa, tipos de produtos que podem existir, entre outros.

De modo geral, a prótese consiste em um dispositivo que pode ser implantado no corpo para substituir a parte que foi perdida, total ou parcialmente.

Um bom exemplo disso é quando se perde um órgão ou membro. Sendo assim, no caso da prótese dentária, ela tem como objetivo preencher a falta de um ou mais dentes.

O procedimento para utilizar uma prótese dentária, envolve vários fatores como preço, um profissional especializado para identificar o tipo e o motivo que você irá usá-la.

Por que usar prótese dentária?

Perder os dentes pode ser uma situação que gera bastante constrangimento. Dependendo de qual parte é, só piora. Essa perda pode ser motivo de baixa autoestima e ainda causar forte impacto nas relações pessoais e até profissionais.

Junto disso, a ausência dos dentes pode levar a problemas de saúde, como os do aparelho digestivo, que devido a essa deficiência mastigatória, pode afetar a primeira fase do processo de digestão.

Isso acontece porque os dentes têm como uma das principais funções a de triturar os alimentos. Mas quando isso não acontece corretamente, pode levar a algumas complicações, como dores estomacais, entre outras.

Mas as consequências pela falta dos dentes não se limitam a essas. Outro fator que pode acontecer é a movimentação dos dentes restantes.

dentista1

Isso ocorre porque eles “se apoiam” uns nos outros. Quando há um vão, ou seja, um espaço, os dentes podem se movimentar, saindo de suas posições originais e comprometer a mastigação ou mesmo a fala.

Por isso, é importante identificar e encontrar qual é a melhor solução para o seu problema bucal.

Tipos de prótese dentaria

Tipos de prótese dentaria:

De modo geral, existem dois tipos: a que chamamos de prótese dentária removível e a prótese dentária fixa, é importante saber as diferenças até mesmo pelo preço. Porém, as opções aumentam, quando ambas podem ser parciais ou totais, ou seja, suprir todos os dentes ou apenas os que estão faltando.

Como os próprios nomes sugerem, a prótese dentária removível pode ser retirada, e tem como uma de suas vantagens a facilidade de instalação.

Já a fixa, consiste em uma estrutura parafusada ou encaixada que não permite remoção, precisando de mais tempo para concluir o tratamento, mas entrega um aspecto de dentes mais naturais.

Agora que já conhece os termos, vamos aos tipos de próteses dentárias e o mais abaixo o preço de acordo com o mercado e tirar de vez da sua mente aquela ideia que existe somente a dentadura como solução.

Nos principais modelos, temos:

Prótese dentaria removível

Que é quando, por algum motivo, uma pessoa perde todos os dentes — ou a maior parte deles — a prótese dentária total removível se torna uma das opções.

Você pode não se lembrar dela por causa do nome, mas já mencionada aqui, ela é famosa e conhecida como “dentadura”.

Consiste em uma estrutura móvel confeccionada sob medida, em que os dentes naturais são substituídos por dentes de acrílico, tendo como base formato, tamanho e cor semelhantes aos que o paciente tinha anteriormente.

Muitos ainda sentem constrangimento por causa desse procedimento. Porém a tecnologia atual, atrelada à habilidade do profissional que vai confeccioná-la, permite a criação de peças perfeitas, tendo um resultado incrível.

Vale lembrar que pessoas que fazem uso desse tipo de prótese precisam ter atenção redobrada com a higiene bucal. Isso porque, muitas vezes, o fato de não estar com seus dentes naturais, pode levar o paciente a acreditar que não há necessidade de uma escovação tão precisa.

Ao contrário, é justamente o fato de ser removível que pede uma limpeza melhor, visto que muitos restos de alimentos podem ficar acumulados na base e tornar o ambiente perfeito para proliferação de bactérias.

Não pode deixar de mencionar que é fundamental manter a escovação da língua para uma boa saúde bucal.

Prótese parcial removível

A prótese parcial removível (PPR Roach) assemelha-se à citada anteriormente, porém é indicada para casos em que a pessoa tem um bom número de dentes naturais.

Entre as vantagens do uso desse tipo de prótese dentária, está o fato de não serem necessárias para a sua utilização nem a extração, nem o desgaste de nenhum dente presente que esteja em boas condições.

Ela também é de fácil instalação e se encaixa na boca por meio de conectores, vedar ou grampos, dispositivos que garantem que a prótese não caia durante as atividades diárias, como comer ou falar.

Prótese dentaria fixa

Também conhecida como coroa, a prótese dentária fixa costuma ser indicada quando há a necessidade de repor a perda de apenas um dente. Assim, as funções estéticas, anatômicas e funcionais são restabelecidas.

A implantação da prótese dentária fixa pode ser tanto parafusada, quanto cimentada. Ela também pode ser confeccionada em resina ou porcelana — esse último material, embora tenha um custo mais elevado, oferece maior resistência, possui uma estética melhor, além de maior durabilidade e adaptação.

Prótese parcial fixa

A indicação da prótese parcial fixa depende da quantidade de dentes perdidos, do seu posicionamento e extensão, a qual é chamada de espaço protético e significa o local onde os dispositivos serão colocados.

Sendo assim, quando esse espaço não é muito grande, esse tipo de prótese se torna uma excelente opção. Porém, são necessários, ao menos, dois dentes (um posterior e outro anterior) para servirem de suporte para a colocação da prótese.

Nesse procedimento, os dentes que servirão de apoio serão desgastados para receberem a prótese dentária.

Após a implantação, o espaço vazio deixado pelos dentes perdidos será ocupado, resolvendo com precisão o problema de pessoas que perderam um ou até seis dentes naturais.

Prótese flexível

Uma alternativa às demais próteses dentárias removíveis, as flexíveis são bastante recomendadas para pacientes idosos ou para serem utilizadas como próteses provisórias em casos de reabilitação.

Confeccionada com uma resina flexível, esse modelo não necessita de grampos ou estruturas adicionais para fixação.

Prótese sobre implante

A chamada Overdenture, é uma prótese dentária que pode ser utilizada tanto na parte superior da boca, quanto na inferior.

Esse modelo fica preso a implantes, por isso se torna uma excelente opção para pessoas que sofrem com reabsorção óssea, processo esse que, como dito anteriormente, compromete a estrutura dos ossos da boca.

A prótese sobre implante pode ser feita utilizando um desses dois sistemas: o O’Ring ou o Barra-Chip.

No primeiro, a prótese é unida por meio de um anel encaixado em um componente instalado sobre os implantes. Já no segundo, ela é presa por clips presos a uma pequena barra soldada nos implantes.

Caso opte por esse tratamento para resolver seu problema de perda de dentes, seu dentista lhe orientará sobre qual dos dois métodos é o melhor.

Mas saiba que, tanto um quanto o outro, têm como principal vantagem maior segurança e estabilidade durante a mastigação.

Prótese protocolo

Também realizada sobre implantes de titânio, a prótese protocolo é uma alternativa a ser considerada por pessoas que tiveram a perda de todos os dentes. Além disso, esse modelo pode ser utilizado tanto na arcada superior, quanto na inferior.

Por outro lado, esse tratamento tende a ser mais trabalhoso e delicado. Isso porque se inicia com a colocação dos implantes, que consistem em pinos de titânio que farão a função das raízes dos dentes perdidos.

Após essa etapa, é preciso aguardar o período chamado de osseointegração, ou seja, tempo necessário para que o metal seja integrado ao osso e a cicatrização seja efetivamente finalizada. Com essa fase concluída, cria-se o molde e a instalação da prótese.

Dentro desse modelo há outras duas opções, que são o “Protocolo sobre implante cerâmico” e o “Protocolo em zircônia”.

Protocolo sobre implante cerâmico

Nesse, a resina acrílica usada para a confecção dos dentes é substituída por porcelana ou cerâmica.

Entre as vantagens dessa troca estão a maior naturalidade da prótese, incluindo a cor, além de uma textura melhor, maior resistência e menos acúmulo de resíduos alimentares.

Protocolo em zircônia

Fabricada com base em uma tecnologia mais recente, a zircônia utilizada nesse modelo de prótese não contempla apenas os dentes, mas toda a sua estrutura. Feita em uma impressora 3D, uma das suas maiores vantagens está no fato de não necessitar de soldas ou emendas, o que atribui ainda mais resistência à peça.

Além disso, esse tipo de prótese dentária tem um preço mais elevado por causa do seu material.

Agora que já sabemos os tipos de próteses dentárias que existem no mercado é preciso que você entenda como é o processo de higienização.

Como limpar prótese dentaria?

Ao usar qualquer tipo de prótese, indiferente do preço, sua limpeza passa a ser tão importante quanto a escovação para os dentes, afinal, eles passam a ser seus dentes.

Assim como nos dentes, a prótese pode acumular restos de alimentos que podem, com o tempo, originar cálculos dentários e até mesmo causar infecções como a candidíase.

Para facilitar o processo, listei aqui algumas dicas para te ajudar nesse processo:

  1. Crie o hábito de limpar a prótese após cada refeição para não deixar restos de alimentos;
  2. Use uma escova de dente para higienizar a prótese com sabão ou detergente neutros;
  3. Com uma escova dental comum você precisa higienizar a cavidade oral (dentro da boca) para remover resíduos alimentares do palato, língua e gengiva;
  4. Remova a prótese durante à noite e tente armazená-la seca após a sua higienização dentro de caixas para aparelhos móveis, que o dentista entregará quando fizer a prótese e
  5. Nunca utilize água quente para que a prótese não seja deformada.

Caso não siga a higienização corretamente da sua prótese dentária é possível desenvolver certos quadros prejudiciais à sua saúde bucal.

Além das citadas acima, a “estomatite de dentadura” – causada por um fungo –  pode causar também lesões derivadas de inflamações e traumas.

Por isso, para evitar que a situação se agrave, basta caprichar na hora da limpeza e não se esquecer dessa rotina. Por isso, te convido a lembrar os motivos que causam a queda dos seus dentes para entender sobre às próteses.

Cuidados com a prótese dentária

Cuidados com a prótese dentária que não podem faltar

Agora que já conheceu um pouco mais sobre esses dispositivos e a importância de procurar esse tratamento para melhorar a sua qualidade de vida, é hora de descobrir os cuidados que uma prótese dentária precisa ter.

Mas, antes de começarmos, é importante ressaltar que os cuidados com a prótese dentária são necessários por diversos fatores, como o preço. Entretanto, por mais que seja um dispositivo fabricado com os melhores materiais e técnicas, elas não duram para sempre.

Com o tempo, dependendo do tipo de prótese, é comum que ela precise de algum ajuste para manter o seu conforto. Em outros casos, o desgaste natural pode gerar a necessidade de fazer uma nova peça.

Há também a questão do reembasamento, que consiste em fazer uma nova base, mas mantendo os dentes já utilizados nela. Isso pode acontecer pois, conforme vamos envelhecendo, nosso corpo muda no todo, incluindo a boca.

Essa mudança pode comprometer as próteses, levando a problemas na mastigação, irritação nas gengivas, entre outras questões.

Existem também os problemas gerados pela má conservação, mas que podem ser facilmente evitados se você colocar em prática os cuidados como os que separei abaixo para você:

  1. Mantenha a higienização adequada

O fato de não estar com seus dentes naturais — principalmente quando se usa algum tipo de prótese total, ou parcial, ou fixa — não justifica a negligência com a sua higiene bucal.

Afinal, a gengiva, a língua e os remanescentes dentários (raízes que estão instalados coroas) também fazem parte dessa estrutura e merecem serem limpas adequadamente.

Assim, um dos primeiros cuidados com a prótese dentária que merece destaque é a higienização correta. E para lhe auxiliar ainda mais nesse processo, vamos dividi-lo em dois, sendo um com os cuidados com a prótese dentária removível e outro com os cuidados com a prótese dentária fixa.

Cuidados com a prótese dentária removível

A prótese dentária removível — dentaduras, roachs, provisórias — tem como principal vantagem a possibilidade de ser retirada para uma profilaxia adequada. Isso possibilita uma melhor escovação, além de permitir a limpeza da gengiva, que pode ficar com restos de alimentos presos a ela quando não higienizadas corretamente.

Porém, mesmo com essa facilidade de retirada, existem alguns cuidados com a prótese dentária removível a serem considerados, tais como:

  • Nunca faça a escovação com esse modelo de prótese na boca. O certo é retirá-la para uma higiene mais completa;
  • Utilize pastas de dentes específicas e outros produtos complementares indicados para limpeza desses tipos de dispositivo;
  • Ao retirar da boca, tenha cuidado com a prótese dentária removível e evite que ela caia. Para isso, a apoie em lugar seguro, pois uma queda pode resultar em trincas ou em outros problemas ainda maiores;
  • Não deixe que as próteses dentárias removíveis sequem. Quando não estiver em uso, as mantenha em um recipiente com água, mas evite água quente, que pode causar deformidade;
  • Sempre escove a gengiva, a língua e o palato (céu da boca) antes de colocar a prótese novamente com escova macia. Isso estimula a circulação sanguínea e ajuda na remoção das placas bacterianas;
  • Caso haja quebra, trincas ou sensação de que ela está “solta” na boca, procure imediatamente seu dentista para os ajustes necessários.

Cuidados com a prótese dentária fixa

Os cuidados com a prótese dentária fixa — tanto a parcial, quanto a total — são os mesmos que se têm com os dentes naturais, ou seja, utilizando uma boa escova de dentes com cerdas macias, creme dental apropriado e, claro, fio dental.

Para facilitar o processo de passagem do fio ou fita dental, ainda mais para quem faz uso das popularmente conhecidas “pontes”, os passadores de ponta dura são bastante indicados.

E jamais faça uso de qualquer outro tipo de acessório de metal ou pontiagudo para retirar restos de alimentos presos nessas próteses, bem como evite o uso de qualquer produto abrasivo, pois podem provocar desgastes, ou até danos irreparáveis.

Consequências da má higienização da prótese dentária

A não higienização correta das próteses dentárias removíveis, bem como dos dentes remanescentes, onde estão instaladas coroas e das próteses sobre implante, pode levar a sérias consequências, além do preço que você investiu nelas, pode ficar suscetível a doenças.

Alguns exemplos são a candidíase bucal (fungos), periodontite (inflamação dos tecidos de suporte localizados ao redor do dente), peri-implantar (inflamação dos tecidos moles e a destruição do osso de suporte ao redor dos implantes).

Isso torna o ambiente propício para o desenvolvimento de fungos e bactérias, ocasionando também mau hálito.

  1. Tenha uma rotina de escovação

Seja qual for o modelo de prótese que você utiliza, a rotina de escovação precisa ser a mesma indicada para os dentes naturais, ou seja:

  • Escove os dentes e, se for o seu caso, higienize sua prótese sempre após as refeições ou, no mínimo, três vezes ao dia;
  • Não deixe de escovar também logo ao acordar e antes de dormir;
  • Faça a escovação de maneira correta, ou seja, sem causar lesões na sua gengiva;
  • Faça uso de escova de dentes com cerdas macias e a troque, pelo menos, a cada três meses, ou quando notar que as cerdas estão desgastadas e/ou desfiadas;
  • Carregue com você um kit com produtos e acessórios para escovação, especialmente se costuma passar longos períodos fora de casa;
  • Cuide da alimentação, pois existem diversos alimentos que podem manchar as próteses — por exemplo, café ou refrigerantes com corantes — ou mesmo grudar, dificultando a limpeza — como no caso de balas e chicletes;
  • Use o fio dental em todas as escovações. Restos de alimento entre os dentes contribuem para a proliferação de bactérias que podem causar mau hálito ou mesmo problemas na gengiva.

Em muitos casos, ainda se mantêm vários dentes naturais na boca. Assim, a rotina na escovação, somado aos cuidados com a prótese dentária, são fundamentais para que você mantenha sua saúde bucal e regularmente com o

Prótese dentaria, preço?

Esta é a parte que muitos se interessam, afinal, é preciso saber quando vai custar esse procedimento.

Porém, a prótese dentária pode variar bastante de material e formato, por isso seu preço pode oscilar, além do fator da região.

A coroa de porcelana por causa do seu material, o valor mínimo para ela pode ser R$ 1 mil, lembrando que pode variar de acordo com a região.

Já uma prótese total inferior ou superior (dentadura) tem valores em cerca de R$ 1,5 mil e uma coroa provisória em acrílico de R$ 129,00.

Já a manutenção da prótese dentária seu valor em média é em torno de:

  • R$ 66,00: um conserto simples;
  • R$ 185,00; e um ponto de solda;
  • R$ 252,00: em uma prótese dentária.

Além disso, você pode pesquisar orçamentos em sua região caso os valores não batam. Mas lembre-se de levar em consideração quem é que irá te atender.

Agora que você sabe sobre prótese dentária, seu preço e outras informações. Se você precisar de uma prótese dentária entre em contato agora mesmo com a OralDents, será um prazer em cuidar de você.

Agendando sua consulta você fica por dentro inúmeros tratamentos para você e ainda garantir dentes saudáveis e o melhor sorriso!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!