O Que Você Procura ?

Piercing na boca

Piercing na boca: conheça aqui todos os tipos, cuidados e complicações

dentista2

O piercing na boca, assim como outros piercings, é um acessório utilizado por muitos, porém nem sempre foi assim. O uso deles começou há muito tempo atrás, porém antigamente eles eram utilizados baseado em seus significados.

Desse modo, antigamente eles também eram restritos à alta sociedade, de modo que apenas as pessoas com status poderiam utilizá-lo. Com o passar dos anos, essa prática foi difundida entre a população, o que gerou a popularização desse acessório.

Confira aqui tudo sobre o piercing na boca, todos os cuidados a serem tomados para manter a higiene bucal e quais complicações eles podem trazer devido ao mal uso:

O que é piercing na boca?

O piercing na boca é um tipo de acessório que é inserido na pele, podendo ser utilizado nos lábios, na bochecha e na língua.

Normalmente ele é confeccionado de aço cirúrgico, titânio, nióbio, ouro ou acrílico. Apesar de existirem alguns outros materiais, esse são os mais recomendados por possuírem uma chance menor de infeccionar.

O piercing na boca dói?

Essa pergunta pode ter diferentes respostas, pois cada pessoa tem uma sensibilidade diferente à dor. Além disso, existem locais que possuem mais terminações nervosas, que pode fazer ser um processo mais dolorido, e os com menos, que tornam o processo menos dolorido.

Apesar de a dor ser relativa, o piercing na língua é considerado um dos lugares mais dolorosos, além de ser um dos que mais tem problemas de adaptação.

Como colocar um piercing na boca?

Em geral, a fixação dos piercings é feita com o próprio piercing ou com um provisório, feito de aço cirúrgico, que pode ser utilizado para evitar inflamações até a cicatrização.

Após colocado pela primeira vez no estúdio, sua colocação em casa deve ser feita de maneira cuidadosa, pois descuidos podem resultar em complicações.

dentista1

Quando for colocar o piercing, é recomendado é:

  • Primeiramente, higienize as mãos e o piercing antes colocá-lo;
  • Após a higienização, o piercing deve ser inserido com cuidado de volta em seu orifício;
  • Caso haja alguma dificuldade ao inseri-lo, não use nenhum tipo de produto para facilitar sua inserção. O que se pode fazer é realizar movimentos giratórios leves para ajudar;
  • Após colocado de volta no lugar, termine sua fixação encaixando a sua ponta.

A remoção do piercing exige tanto cuidado quanto para colocá-lo. Desse modo deve-se higienizar o local após sua remoção.

Piercing na boca masculino

O piercing é um acessório unissex, ou seja, pode ser utilizado por qualquer pessoa. Porém, às vezes há dúvidas a respeito do seu uso por homens.

Porém, não há necessidade de se preocupar, pois existem modelos para todos os públicos e gostos, desde os mais discretos aos mais chamativos.

Piercing na boca – nomes

O piercing é um acessório que pode ser utilizado em vários locais no corpo, e cada região possui seus piercings específicos. Desse modo, cada piercing tem o nome baseado no local onde é colocado, além disso, eles também possuem modelos diferentes.

Dessa maneira, os nomes de piercing na boca são definidos pelo local de uso, sendo assim, seus nomes são:

Piercing Medusa

Piercing Medusa

O piercing medusa é localizado no filtro, que é a região debaixo do septo nasal, ou seja, ele fica na região central acima do lábio superior. Ele possui apenas uma ponta externa.

piercing monroe

Piercing Monroe

O piercing Monroe tem esse nome por tentar imitar a famosa pinta de Marilyn Monroe, ou seja, ele fica em um local parecido. Esse piercing na boca é localizado na parte esquerda do buço (parte acima do lábio superior). Esse modelo de piercing só possui uma ponta externa, que normalmente é uma jóia ou uma esfera de metal.

Piercing Madonna

Piercing Madonna

Esse piercing é similar ao Monroe, porém esse tenta imitar a pinta da cantora Madonna e fica do lado direito do buço. Ele também possui apenas uma ponta externa com uma jóia ou uma esfera metálica.

Piercing Jestrum

Jestrum piercing

Também conhecido como piercing Medusa vertical, ele fica localizado na parte central do buço. Ele possui duas partes externas, em que uma fica no filtro e a outra abaixo do lábio superior.

Piercing Canine Bites

Piercing Canine Bites

Esse tipo de piercing na boca é um estilo mais “agressivo”, pois ele consiste em 4 piercings colocados ao redor da boca. Eles ficam posicionados de modo que fiquem dois superiores, um em cada lado do buço, e dois abaixo do lábio inferior, de modo que fiquem um de cada lado. 

Piercing Angel Bites

Piercing Angel Bites

Angel Bites é o nome dado a quando se coloca apenas dois piercing no buço, um do lado esquerdo do buço e outro no direito. Os piercings utilizados para fazer essa configuração também possuem apenas uma ponta externa.

Piercing Cyber Bites

Piercing Cyber Bites

Esse arranjo de piercings é formado por um piercing na parte central do buço, abaixo do septo e outro na parte central abaixo do lábio inferior.

Os piercings utilizados desse modo também possuem apenas uma ponta externa.

Piercing Dahlia

Dahlia piercing

O piercing na boca Dahlia é composto por dois piercings posicionados um de cada lado da boca, bem no finalzinho do lábio. Eles também possuem apenas uma ponta externa.

Piercing Spider Bites

Piercing Spider Bites

Consiste em dois piercings posicionados lado a lado, abaixo do lábio inferior, sendo que eles ficam posicionados em um dos cantos da boca. Esse tipo de piercing pode ter uma ou duas pontas externas, e também pode ser do tipo argola.

Piercing Shark Bites

Piercing Shark Bites

O piercing na boca Shark Bites é similar ao Spider Bites, sendo que sua diferença é o fato de serem quatro piercings, de modo que fiquem dois posicionados paralelamente em cada lado debaixo do lábio inferior

Também podem ser utilizados piercings com uma ou duas pontas externas ou do tipo argola.

Piercing Snake Bites

Piercing Snake Bites

Esse é o nome do arranjo de piercings que é semelhante ao Shark Bites, porém possui apenas um piercing de cada lado abaixo do lábio inferior.

Desse modo, também é possível utilizar modelos de uma ou duas pontas externas, bem como os do tipo argola.

Nomes do Piercing na boca Labret

Nomes do Piercing na boca Labret

Existem quatro configurações do piercing no Labret, que são:

  • Labret Vertical: é o piercing que fica localizado abaixo do lábio inferior que possui duas pontas externas, uma abaixo e outra acima do lábio inferior;
  • Labret Horizontal: esse é o modelo de piercing que fica no lábio inferior na posição horizontal e possui duas pontas externas;
  • Labret Lateral: o Labret lateral possui apenas uma ponta externa, e é chamado assim pois fica posicionado em um dos lados abaixo do lábio inferior
  • Labret “convencional”: é o piercing com apenas uma ponta externa que fica centralizado abaixo do lábio inferior;
  • Ashley: esse é o piercing na boca que fica posicionado no próprio lábio inferior.

piercing boca

Piercing na boca internos

Além dos piercings posicionados ao redor da boca, também existem os que ficam localizados em seu interior que são:

Smile

O piercing no smile, ou piercing do sorriso, é o nome dado ao piercing na boca que fica localizado no frênulo labial superior, ou seja, na parte que liga a gengiva ao lábio. Geralmente nesse local são utilizados piercings do tipo argola.

Piercing no dente

Apesar de também ser chamado de piercing, sua fixação é feita sem nenhum tipo de perfuração. Desse modo ele fica apenas colado no dente. Normalmente ele é apenas uma pedrinha, normalmente um strass, que fica no dente.

Piercing na língua

Também há a possibilidade de se colocar piercings na língua, porém seu uso exige um cuidado maior para não causar feridas na língua. Seus modelos são:

  • Convencional: normalmente é uma haste atravessada verticalmente na língua e possui uma esfera em cada ponta;
  • No frênulo lingual: esse piercing fica atravessado horizontalmente no freio da língua, que é a parte embaixo da língua;
  • Snake eyes: tem esse nome pelo fato de ser posicionado horizontalmente, o que faz a língua parecer que tem dois olhos.

Modelos do piercing na boca

Piercing na boca: argola

O piercing de argola costuma ser o modelo mais utilizado, ele tem o formato circular e pode ser um círculo completo ou um semi-círculo.

Desse modo, ele pode ser simples, sem nenhum adorno, ou possuir uma ou mais decorações.

Piercing na boca: labret

O piercing nesse modelo é composto por uma ponta que fica externa e normalmente é o adorno do piercing, sendo uma jóia ou uma esfera metálica, ligado a uma base plana por uma haste.

Normalmente a haste é enroscada no adorno para a fixação, mas também existem casos em que a outra ponta é responsável por prender o piercing.

Cuidados ao usar o piercing na boca

O período após a colocação do piercing possui alguns cuidados especiais para evitar problemas como infecções ou inflamações. Alguns desses cuidados devem ser seguidos mesmo após a cicatrização.

Desse modo, alguns desses cuidados são:

  • Selecione um profissional e estúdio confiáveis;
  • Escolha um material que você não seja alérgico a ele;
  • Garanta que o tanto o local quanto as ferramentas estejam esterilizadas;
  • Evite tocar ou realizar tarefas que possam causar impactos na região do piercing para evitar lesões na boca e possíveis infecções;
  • Não toque no piercing com as mãos sujas;
  • Respeite o tempo de cicatrização;
  • Faça a higienização do local seguindo as recomendações do profissional;
  • Dispensar o uso de produtos cosméticos sobre o local de colocação do piercing;
  • Abster-se do uso de qualquer produto antisséptico que não tenha sido recomendado pelo profissional responsável;
  • Não dormir de modo piercing seja pressionado;
  • Evitar o consumo de alimentos quentes e ácidos;
  • Ignore qualquer tipo de dica caseira que recomende uso de produtos sobre o piercing, pois caso fosse necessário, o próprio profissional teria recomendado;
  • Não siga conselhos dados por pessoas que não trabalham nessa área;
  • Sempre siga as indicações dadas pelo profissional.

O que fazer caso o piercing na boca inflamar ou infeccionar?

Algumas vezes mesmo seguindo as indicações o piercing pode inflamar ou infeccionar. O piercing inflamado pode ser identificado por alguns sinais que indicam que algo está errado, como:

  • Vermelhidão;
  • Inchaço;
  • Dor e incômodo;
  • Presença de pus no local;
  • Febre.

Caso note a presença desses sintomas, é recomendado remover do piercing e procurar um médico.

Existem algumas recomendações que podem ser seguidas até o retorno ao profissional, são elas:

  • Lavar a região no mínimo duas vezes ao dia com água e sabão neutro, e secar com uma toalha ou gaze limpas;
  • Manter a região seca e descoberta para deixar o local respirar;
  • Limpar o local com soro fisiológico;
  • Fazer o uso de anti-inflamatórios pode ajudar a reduzir a dor, inchaço e febre;
  • Evitar alimentos que podem dificultar a cicatrização, pode ajudar a cicatrizar mais rápido e reduzir as chances de inflamação.

Possíveis complicações da boca com piercing

O piercing na boca é um acessório que é inserido na pele, logo, ele é um corpo estranho e pode ser rejeitado pelo organismo. Normalmente os problemas causados pelo piercing na boca pode ser devido ao atrito dele com algumas regiões da boca, tais como dentes e gengiva.

Esse contato pode gerar feridas ou recessão gengival, além de poderem infeccionar tanto por essas feridas quanto pelo orifício em que ele fica.

Apesar de raros, existem casos em que o orifício do piercing na boca é uma porta de entrada para doenças como hepatite B e endocardite.

Outros possíveis problemas podem ser causados pela dificuldade da fala e da mastigação. Independente da complicação causada pelo piercing na boca, um profissional da saúde deve ser consultado.

O que o dentista pode fazer pelo paciente com um piercing na boca?

Antes de colocar um piercing na boca, é recomendado que o paciente procure um dentista para que ele possa avaliar e dar as orientações necessárias para evitar possíveis complicações. É válido lembrar que ele pode ser utilizado junto com um aparelho ortodôntico.

Além disso, ele também pode dizer os possíveis riscos de se colocar um piercing na boca e também pode receitar anti-inflamatórios em caso de inflamação.

O acompanhamento profissional ajuda não só com a execução dos tratamentos e procedimentos, mas também por meio das orientações e indicações.

As visitas ao dentista permitem diagnosticar qualquer anormalidade em sua fase inicial, fazendo com que o tratamento seja feito o quanto antes e da forma menos invasiva possível.

O indicado é que as visitas ao dentista ocorram no mínimo 2 vezes ao ano (de 6 seis em seis meses) para que haja um acompanhamento odontológico adequado.

A visita a uma clínica odontológica OralDents visa não só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!