O Que Você Procura ?

periodontite

Periodontite: causas, sintomas, prevenções e tratamentos.

dentista2

Saúde bucal é coisa séria, por isso, é preciso prevenir. Um exemplo disso é a gengivite, que quando não é tratada de forma correta, vira uma periodontite.

Considerado como um estado mais avançado da inflamação da gengiva, é tão grave como outras doenças periodontais.

Neste texto iremos trazer todas as informações necessárias sobre periodontite, desde o que causa até o seu tratamento. Tenha uma boa leitura e venha se prevenir.

Você sabe o que é periodontite?

Em seu primeiro estágio, é caracterizada como uma inflamação da gengiva, mas quando não tratada, se torna uma doença que afeta desde a gengiva até o osso que envolve e suporta o seu dente.

Aquela dor na gengiva, seguida de sangramentos ao escovar os dentes são alguns dos sintomas que caracterizam a doença periodontal.

Porém, antes de chegar neste estado avançado, ocorrem três momentos que são: gengivite, periodontite e periodontite avançada, por isso é importante saber o motivo dela evoluir para o estado mais avançado a fim de evitar isso.

Causas da doença periodontal

A boca humana possui diversas bactérias, algumas são importantes, porque participam do início do processo de digestão dos alimentos.

Existe uma estimativa de que a boca humana possa ter de 200 a 300 bactérias, além dos outros microrganismos.

Mas você deve estar se perguntando onde entra a periodontite nisso tudo, não é mesmo?! Mas calma que já chegamos nela.

O biofilme dental criado por essas bactérias que estão presentes em nossa boca criam uma película pegajosa e incolor formada sobre os dentes, causando as doenças periodontais.

dentista1

Com isso, se essa placa não for removida, ela pode endurecer e se transformar em tártaro (cálculo dental), que por sua vez facilita o acúmulo de mais placa.

Causando assim em um primeiro momento a gengiva inflamada e não sendo tratada, se transformará em uma periodontite, lembrando que elas são estados diferentes.

Os principais sintomas da periodontite?

Como a doença periodontal é um estágio de uma outra doença, é preciso saber identificar seus sintomas.

Por isso, é preciso estar ciente dos sinais que indicam que você pode estar desenvolvendo uma periodontite ou até mesmo outro tipo de doença.

Entre os principais sintomas, temos:

  • Gengiva que sangra facilmente durante a escovação ou o uso de fio dental;
  • Gengiva inchada, vermelha ou dolorida;
  • Gengiva retraída;
  • Mau hálito persistente ou gosto ruim na boca;
  • Dente amolecido;
  • Próteses parciais que se desajustaram;
  • Pus visível em torno dos dentes e gengiva;
  • Dores agudas ao mastigar os alimentos;
  • Dentes excessivamente sensíveis a temperaturas frias ou quentes.

Apesar de possuir estes sintomas a periodontite nem sempre apresenta dor, por isso é importante estar em dia nas consultas ao dentista para identificar o problema.

Diagnosticando a doença periodontal

Diagnosticando a doença periodontal

Cada estágio da periodontite pode ter um diagnóstico, afinal, dependendo do caso, pode ser necessário cirurgias.

Assim podemos ter a periodontite normal, que nesse estágio, o osso de apoio e as fibras que seguram os dentes no lugar estão danificadas.

Outro fator a ser considerado é formação de uma bolsa embaixo da margem gengival, que favorece o crescimento da placa.

Já a periodontite avançada, como o nome já diz, é o estágio mais avançado da doença periodontal.

Aqui, as fibras e o osso dos seus dentes estão sendo destruídos, e isso pode fazer com que o seu dente fique mole ou “bambo”, podem levar até a queda.

Esses fatores podem afetar a sua mordida e a forma como você se alimenta ou se comunica.

A partir do momento você recebe esses diagnósticos, se o tratamento periodontal não puder salvar seus dentes, eles deverão ter que ser extraídos…

Fatores de risco da periodontite

Além da perda de dentes, a doença periodontal pode causar uma inflamação mais grave na gengiva, que afeta os tecidos de sustentação dos dentes e resulta no afastamento dos dentes da própria gengiva.

Outro problema que pode ocorrer é o paciente com periodontite evoluir para uma endocardite – que é quando bactérias já presentes no nosso corpo se espalham por meio do nosso sistema sanguíneo e atingem o coração da pessoa, levando à inflamação do endocárdio – e à perda precoce dos dentes afetados.

Por isso é preciso se prevenir e tratar, afim de eliminar essas possibilidades.

Periodontite: quais os tratamentos?

Para os casos mais simples da doença, uma limpeza realizada por dentistas, através de uma limpeza profissional removendo a placa que se formou e endureceu – o tártaro.

Com consultas regulares ao dentista, o estágio inicial da doença pode ser tratado antes que se torne um problema mais sério. Se o problema for mais grave, será necessário fazer um tratamento no consultório odontológico.

Em casos onde o tártaro é muito profundo uma cirurgia é um o procedimento mais indicado, para que assim possa ser visto as superfícies das raízes dos dentes para proporcionar uma melhor raspagem, entregando um resultado melhor

Apesar do tratamento, a melhor opção é prevenir, porque a periodontite não tem cura, precisando manter assim um acompanhamento profissional a cada 6 meses para o devido controle da doença.

Agora que você já sabe o que é periodontite, desde o que causa até sua prevenção e tratamento, está na hora de você garantir seu novo sorriso e manter sua boca saudável.

Agende sua avaliação gratuita conosco aqui!

Afinal, gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário!

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!