O Que Você Procura ?

o que causa afta

O que causa afta: 11 principais causas e como tratar

dentista2

Você sabe o que causa afta? A afta é uma das principais inimigas do bem-estar e da saúde bucal. Capaz de proporcionar um forte desconforto, compromete não só a estética, mas a fala, a mastigação e a qualidade da higiene bucal.

Veja aqui quais são as principais causas do aparecimento da afta e como tratar:

O que é afta?

O aparecimento de alguma ferida na boca na maioria das vezes está associado ao surgimento da afta. A afta, por sua vez, se trata de uma úlcera oval, esbranquiçada ou amarelada, de bordas avermelhadas, que podem aparecer por toda a mucosa da boca, no interior das bochechas, céu da boca, gengivas e até mesmo na garganta.

Mesmo se tratando de lesões benignas e não contagiosas, podem ser causadas por uma série de motivos, inclusive por doenças mais graves.

Dessa forma, é importante observar o tamanho e a duração da afta, considerando se a ferida possui grandes proporções, aparece em grandes quantidades, se é recorrente ou se está durando mais de 3 semanas. Nesses casos, o dentista ou um clínico geral devem ser contatados com urgência.

Em casos mais leves, a afta na boca tende a ser menor do que 8 mm e desaparecer naturalmente de 7 a 10 dias. Já casos mais graves, as úlceras podem chegar aos 10 mm e durar mais de um mês para desaparecerem, podendo ainda deixar cicatrizes quando enfim desaparecem.

o que causa a afta

O que causa a afta?

O aparecimento da afta não possui uma causa específica, podendo está ligado a uma série de fatores. Veja aqui quais são as motivações mais comuns para a afta:

1. Fatores genéticos

Poucas pessoas sabem, mas a afta comumente está relacionada a um histórico familiar, que contribui assim para casos de afta “sem explicação”. Existem alguns remédios para afta que ajudam a conter ou até mesmo acabar com as aftas.

dentista1

2. Traumatismo

As aftas comumente estão associadas a traumas, podendo ser resultado de lesões acidentais do dia a dia, seja por choque ou quedas. Entre as possíveis motivações para esses incidentes estão mordidas do interior da bochecha, dentes afiados, peças do aparelho ortodôntico para fora, ingestão de alimentos muito crocantes e duros e certos procedimentos bucais.

3. Carência nutricional

A afta também pode aparecer diante da ausência de algumas propriedades nutritivas no organismo, que pode passar por reações e assim comprometer o estado da imunidade. Geralmente a carência nutricional está relacionada a falta de vitaminas do complexo B (especialmente B6, B9 e B12), vitamina C, ferro, zinco e ácido fólico.

4. Estresse e ansiedade

Fatores psicológicos como estresse e ansiedade também podem estar ligados ao aparecimento de uma ou mais aftas. Isso se deve ao fato de que colaboram para a baixa da imunidade, assim comprometendo a defesa da boca e deixando a zona bucal suscetível e propícia ao desenvolvimento desse tipo de problema.

5. Vícios e maus hábitos

Hábitos que são prejudiciais à saúde e que tendem a ser desfavoráveis para o sistema imune, estão entre as principais causas da afta.

Entre esses costumes negativos estão tabagismo, alcoolismo, maus noites de sono e má alimentação.

Além disso, há casos em que surtos de aftas são comuns diante da abstinência do fumo, já que tendem a ser períodos estressantes.

6. Má alimentação

Como dito, maus hábitos na rotina podem influenciar em episódios de afta, tal como a má alimentação.

A principal relação entre a alimentação e a ferida é o aumento do pH ácido da boca, que diminui a proteção da mucosa e torna mais possível casos de inflamação. Entre os alimentos que deixam a boca mais ácida e devem ser controlados estão:

  • Frutas cítricas;
  • Alimentos e bebidas muito picantes ou temperados;
  • Salgados;
  • Chocolates;
  • Refrigerantes.

7. Má higiene bucal

É por meio de uma higiene bucal ineficiente que a zona bucal se torna um ambiente propício para a proliferação de bactérias, favorecendo a aparição das aftas e demais problemas bucais.

8. Fatores hormonais

Fatores hormonais estão presentes em várias fases da vida, tal como puberdade, menstruação e período pré-menstrual, gravidez e menopausa. Esses fatores, por exemplo, podem favorecer o desenvolvimento das aftas.

9. Doenças

As doenças são as causas principais das aftas em casos graves, sendo o motivo por trás de seus surtos e de seu período prolongado. Entre as possíveis enfermidades que podem está por trás do aparecimento da complicação estão:

  • Doença celíaca;
  • Refluxo gastroesofágico;
  • AIDS;
  • HIV;
  • Doença de Crohn;
  • Síndrome de Behçet;
  • Infecção pela bactéria Helicobacter pylori.

10. Alergias

A alergia é um estado em que o sistema imune possui uma reação exagerada a uma certa substância externa, e nesse contexto também pode levar ao aparecimento de aftas.

11. Medicamentos específicos

O efeito de alguns medicamentos podem motivar alterações no organismo e assim o aparecimento de aftas, entre esses medicamentos estão:

  • Anti-inflamatórios (metotrexato, rapamicina, aspirina);
  • Medicamentos que alteram o pH do estômago (antiácidos);
  • Fármacos que interferem na imunidade (corticoides).

Nesses casos, na percepção da relação é necessário que o médico seja informado sobre o efeito colateral, podendo fazer a prescrição de outro medicamento.

Alguns tipos de tratamento também podem causar afta pelo mesmo motivo, como sessões de radioterapia ou quimioterapia.

Como tratar a afta?

O tratamento da afta vai depender diretamente de sua causa percebida. Dessa forma, é necessário que haja a mudança de hábitos, buscando por práticas de relaxamento, por uma higiene bucal adequada e uma alimentação mais saudável.

A afta pode ser tratada por meio de alguns medicamentos como corticosteróides sintéticos (Omcilon Orabase) e anti-inflamatórios que apresentem Amlexanox 5%. Uma vez que a afta no céu da boca ou em qualquer região da boca pode causar um forte desconforto, o dentista pode prescrever alguns medicamentos de propriedades analgésicas para a promoção de alívio enquanto a afta cicatriza.

A aplicação de ácido hialurônico 0,2% é uma forma eficaz contra a dor e o agravamento, assim como algumas receitas caseiras como a aplicação de chá preto, bochecho com água e sal, com leite de magnésia ou com chá com própolis. Bochechos com antissépticos bucais também ajudam a controlar o problema.

Por fim, evitar bebidas alcoólicas, alimentos duros, ácidos ou condimentados estão entre as restrições.

Em casos de doenças específicas o tratamento está sob estipulação do clínico geral e pode envolver tratamentos a laser. 

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista são decisivas para o tratamento e a descoberta do que causa a afta.

É importante que as idas ao consultório odontológico sejam feitas periodicamente para que a saúde bucal seja mantida e a zona bucal seja mantida livre de problemas bucais.

Logo, diante do aparecimento de uma ou mais aftas, principalmente daquelas que comprometem as funções da boca e demoram muito a desaparecer, não hesite em contatar o seu dentista.

A visita a uma clínica odontológica OralDents visa não só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!