O Que Você Procura ?

Lesão na boca

Lesão na boca: o que é, suas causas, prevenção e tratamento

dentista2

A lesão na boca possui várias causas. Assim como os motivos que a provocam, existem vários tipos de lesões na boca.

Logo, é importante conhecer os tipos de lesões que existem, pois elas podem se diferenciar de acordo com a forma que surgem e como se agravam. Vejamos a seguir tudo sobre a lesão na boca:

O que é a lesão na boca?

A lesão na boca é uma ferida que pode surgir tanto no lado exterior, como no lado interior da boca, de acordo com o tipo de lesão que se trata.

As lesões podem variar de acordo com a causa. Elas vão desde as mais simples e inofensivas até as mais perigosas como o câncer de boca, que requer uma atenção maior.

Algumas delas podem se agravar para o surgimento de doenças. Vejamos os principais tipos de lesões que existem e conheça sobre cada uma delas:

aftas

Aftas

As aftas são pequenos machucados arredondadas que surgem na boca, esses machucados não possuem um lugar específico para surgirem, podendo aparecer no lado exterior e no lado inferior da boca.

Elas podem ter várias causas como mordidas, má alimentação, alteração do pH da boca, carência de vitaminas ou até mesmo alergias a medicamentos e a alguns alimentos.

Úlcera traumática

Essa lesão pode ocorrer no canto da língua, ela pode ser causada por dentes fraturados, mordidas recorrentes e frequentes no mesmo lugar. Essa lesão está associada a algum trauma na boca.

Mucocele

Outra lesão que pode ser causada por traumas é a mucocele. Ela é causada pela inflamação das glândulas salivares presentes em toda a região de nossa boca. Essa inflamação ocorre por mordidas excessivas ou acidentais.

dentista1

Fibroma traumático

O fibroma traumático também é um exemplo de lesão associado ao mordiscamento. Ele porém tem uma aparência diferente das outras lesões, é uma bolha que se forma na boca, de cor semelhante à do tecido da boca.

herpes labial

Herpes labial

Essa doença também causa uma ferida, como a afta, ela pode aparecer no lado externo e interno da boca. O herpes labial é um machucado que começa como uma vermelhidão, seguido de uma coceira no local.

Depois da vermelhidão e coceira são formadas bolhas no local, que com o tempo criam uma crosta sobre a área, como uma casquinha de machucado, isso já na etapa de cicatrização da lesão.

Câncer de boca

O câncer de boca é bastante conhecido e temido por muitos. Ele é uma doença que pode ser fatal se não tratada.

Mas também se inicia com uma pequena ferida na boca que, por não ser tratada, se agrava para a doença. Como os outros tipos de câncer, ele não tem uma causa específica, mas se diagnosticado cedo, pode ter seu quadro revertido.

Candidíase bucal

A candidíase bucal ou como é conhecida por muitos, o famoso sapinho, é uma ferida esbranquiçada que surge na boca e na língua. Atinge principalmente crianças. Ela surge devido a contaminação com o vírus.

Além das manchas esbranquiçadas a candidíase pode gerar ardência e dificuldades na hora de engolir. Esses sintomas aparecem quando estamos com baixa imunidade, e o uso de corticoides e antibióticos é propício para o surgimento do vírus.

HPV

Também existe a HPV que surge na região da boca. O HPV é um vírus que raramente é encontrado contaminando essa região, porém, é uma doença grave e que se não tratada pode se avançar para o câncer oral.

Essa lesão é transmissível e é causada pelo contato direto da mucosa bucal com o vírus do HPV, que pode ser encontrado em lesões genitais. Ela começa com pequenas lesões parecidas com verrugas, esbranquiçadas.

Em alguns casos essas feridas vêm acompanhadas de sintomas como: dificuldade de engolir, tosse constante, dor na região do ouvido, íngua no pescoço e garganta inflamada recorrentemente.

Porém esses sintomas só são constatados quando o quadro da doença já está avançado e já está passando ao estágio do câncer.

Tuberculose Oral

A tuberculose é uma doença que em sua maioria atinge os pulmões, porém existe também a tuberculose oral que é manifestada por algumas lesões na boca e língua. Em alguns casos ela pode se agravar para doenças como o Carcinoma Epidermóide e infecção profunda por vírus.

A tuberculose é contagiosa podendo ser transmitida pelo ar contaminado e gotículas de saliva contaminadas.

A tuberculose oral é mais recorrente em idosos que por muitas vezes apresentam um sistema imunológico deficiente ou que até mesmo sofreram com outras doenças.

Além dessas existem outras, como a doença de behçet, líquen plano, pênfigo, eritema multiforme, lúpus eritematoso, doença mão-pé-e-boca, doença celíaca e doença de Crohn.

Para todas essas doenças o melhor tratamento indicado é procurar seu médico, ele saberá te informar tudo o que você precisa saber e todas as medidas necessárias a serem tomadas.

Lesão na boca: como ela surge?

A lesão na boca tem várias causas de acordo com o tipo de lesão, além disso ela é quem vai definir qual a medida necessária para o tratamento.

Mas em geral as principais formas que propiciam o surgimento de lesões são: irritações na boca, má alimentação, falta de higiene, estresse, ansiedade e alergias. Além das contaminações diretas com o vírus.

Como posso me prevenir da lesão na boca?

Alguns dos tipos de lesões não possuem uma forma de prevenção, porém as medidas que podem ser tomadas para evitar podem ajudar.

Ter uma boa alimentação, cuidado com a higiene bucal e atenção ao surgimento de qualquer ferimento desconhecido na boca, são dicas que podem ajudar na remediação das feridas na boca, e evitar que elas se agravem.

Qual o tratamento indicado para lesão na boca?

O tratamento correto será indicado de acordo com cada tipo de lesão e gravidade da mesma, o tratamento vai desde os mais simples até tratamentos cirúrgicos. Essa indicação deve ser feita por um profissional especializado na área.

Para as lesões mais simples, o indicado como tratamento é manter a higiene bucal e fazer a limpeza do local lesionado até que a ferida se cicatrize. Em outros casos, é indicado a consulta ao dentista ou ao médico que saberá o que precisa ser feito.

É importante atentar-se ao surgimento de feridas de aparência ruim que demoram para cicatrizar, deve-se procurar o médico para fazer a medicação e o tratamento com remédios indicado por um profissional.

Existem também as lesões que serão solucionadas com procedimentos cirúrgicos, mas esse tipo de tratamento também só poderá ser feito se prescrito pelo médico.

Além de tratamentos, alguns cuidados e mudanças na rotina podem ajudar no tratamento como: proteger bem a pele e lábios do sol, dormir bem, manter uma dieta balanceada, lavar bem as mãos antes e depois de mexer nas áreas lesionadas, evitar beijos e relações sexuais durante os surtos da doença.

Por isso, o papel do dentista é fundamental tanto para o diagnóstico da lesão e para indicar o seu melhor tratamento, isso de acordo com o tipo de doença apresentada.

A clínica odontológica OralDents traz um novo conceito em Odontologia. Aliando conforto, tecnologia, técnicas avançadas e equipe qualificada, oferecendo aos clientes excelência em tratamentos odontológicos e estéticos.

O seu sorriso é nossa prioridade! Agende uma avaliação gratuita aqui em uma clínica OralDents mais próxima de você.

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!