O Que Você Procura ?

implante dentário antes e depois

Implante dentário antes e depois: conheça os todos os benefícios

dentista2

O antes e depois do implante dentário é bem satisfatório, proporcionando um sorriso mais bonito e harmônico ao paciente. São vários os benefícios que o implante dentário é capaz de trazer ao paciente diante de uma perda de dente.

A melhora que o implante traz a aparência é significante, no entanto, não é só o esteticamente que o procedimento é capaz de impactar de forma positiva.

A partir de agora o que é o implante dentário? As suas indicações, contraindicações e benefícios? Sabe como funciona o seu pós-operatório e quais são os cuidados necessários? Saiba aqui tudo o que você precisa saber:

o que é implante dentário

O que é implante dentário?

O implante dentário é o procedimento indicado em casos de traumas, evolução da cárie e de doenças periodontais e que resultam na perda tanto estrutural quanto funcional do dente.

Dessa forma, o implante dentário é um pino de cerâmica pura ou titânio que tem como objetivo realizar a substituição da raiz do dente perdida. A peça é colocada cirurgicamente no osso maxilar ou da mandíbula com o objetivo de fazer a substituição da raiz do dente comprometido.

Com a colocação do implante, o procedimento é finalizado com a fixação de uma prótese dentária ou coroa, que por sua vez irá substituir a estrutura dentária acima da gengiva, reconstruindo o sorriso e retomando a sua eficiência quanto às funções da arcada.

Para o sucesso do procedimento, é necessário que haja a avaliação prévia do estado da zona bucal, levando em conta a gravidade da situação, suas necessidades e a quantidade de dentes que foram atingidos.

Quais são as indicações do implante dentário?

Como dito, o principal objetivo do implante dentário, é justamente a recuperação do sorriso e de suas funções após a perda total ou parcial, que resultará em sua extração, do dente.

dentista1

São várias as possíveis motivações que podem fazer com que o paciente seja encaminhado para esse procedimento. Entre as principais causas estão:

  •         Doenças periodontais (gengivite e periodontite);
  •         Descalcificação e deformação do dente pela evolução da cárie;
  •         Dentes desalinhados e mal posicionados;
  •         Ranger de dentes pelo Bruxismo;
  •         Trauma dental por impacto ou que comprometam o volume do osso da mandíbula;
  •         Fraturas e desgaste;
  •         Falhas mecânicas devido a ausência de suporte ósseo;
  •         Medicamentos e Terapias agressivas.

No acontecimento de algum desses problemas, o paciente deve recorrer urgentemente ao dentista, uma vez que a perda dental leva a uma série de problemas fisiológicos, como a reabsorção do osso pelo organismo e assim a desarmonia das funções bucais e suas complicações.

O procedimento de implante é contraindicado para pessoas com diabetes, problemas cardíacos, e que na quais o crescimento ósseo não foi finalizado.

Implante dentário, antes e depois

Por fim, o tratamento com implantes dentários atuam no restabelecimento da função mastigatória e estética do sorriso, fazendo com que não só a saúde bucal seja reestruturada, mas também a autoestima e o bem-estar do paciente.

Logo, com o impacto positivo do procedimento na autoestima, há também a melhora da autoconfiança, permitindo que o indivíduo melhore os seus relacionamentos, tanto sociais, profissionais quanto pessoais. Há assim, uma melhor qualidade de vida, e a ação preventiva para futuras complicações.

São várias as técnicas possíveis de serem aplicadas e que permitem um resultado satisfatório a qualquer um dos quadros relacionados. Vale ressaltar que o procedimento de implante dentário não é padronizado, e a melhor abordagem é escolhida pela percepção do dentista.

Para se submeter a um implante dentário, a saúde não só dos dentes e gengivas devem estar em dia, mas também a das estruturas ósseas de sustentação. Na falta da estrutura, pinos podem ser colocados na região zigomática, da “maçã da face”, ou ainda se realizar um processo de enxerto (recolocação de tecido ósseo ou materiais sintéticos).

Ao final do procedimento, com a aplicação da prótese, o paciente percebe a melhora na mastigação, quanto a fala e aparência.

quais são os benefícios do antes e depois do implante

Quais são os benefícios do antes e depois do implante?

O procedimento de implantodontia traz vantagens não só estéticas, mas também emocionais e psicológicas. A ausência de um ou mais dentes impacta consideravelmente no cotidiano do paciente, dificultando atividades simples e essenciais como a fala e mastigação.

Veja quais são os principais benefícios perceptíveis:

Eficiência na mastigação

Não é surpresa que a falta de dentes irá comprometer na boa prática da mastigação. Com isso, no intervalo entre a perda e a cirurgia há a necessidade de restrições alimentares, o que proporciona desânimo e dor.

Com o implante dentário o paciente melhora a mastigação e não precisa seguir restrições tão específicas quanto a alimentação.

Vale ressaltar o fato de que a mastigação é uma função essencial ao bom funcionamento do organismo, já que é ela que faz com que a digestão seja mais saudável e ágil. Uma vez comprometida, problemas gerais podem estar suscetíveis a aparecerem.

Melhora da autoestima

Alguns especialistas consideram o sorriso como o nosso cartão postal. Logo, a perda de dentes impacta significativamente em como as pessoas se veem e são vistas. Essa consequência compromete implica na autoaceitação do indivíduo, que se torna uma pessoa mais reservada e que não sorri muito.

Problemas sociais também são perceptíveis, já que dificulta os relacionamentos e a busca e evolução profissional do envolvido.

A recuperação dos dentes pela implantodontia previne momentos constrangedores, fazendo com que o paciente volte a ter vontade de sorrir e falar em público.

Praticidade e boa higiene bucal

Ao contrário do que ocorre no uso de pontes ou dentaduras móveis, o implante dentário possibilita uma experiência confortável e segura, já que o acessório é fixo ao tecido gengival, duradouros e podem ter o mesmo tratamento que os dentes naturais, e assim os mesmos cuidados quanto a alimentação e higiene bucal.

No caso das dentaduras e pontes móveis elas devem ser retiradas em momentos de higienização, sendo frequentes a necessidade de correções, as queixas de instabilidade na boca e desconforto.

Ação preventiva a problemas bucais

Com a perda do dente, os demais dentes da arcada dentária de sua proximidade, se movimentam para sanar o espaçamento vazio. Consequentemente, a dentição fica disposta a desenvolver problemas quanto à simetria facial e ao posicionamento da mordida.

Ademais, a falta de parte da dentição pode desencadear problemas de perda óssea, que resulta no ganho de flacidez muscular da face e uma aparência envelhecida.

Como é o pós operatório do implante dentário?

Uma dúvida frequente é se o implante dentário dói. Com a tecnologia atual do procedimento, pacientes têm a possibilidade de passar por um processo cirúrgico e pós operatório tranquilo, fazendo com que os principais problemas do uso das dentaduras e pontes móveis sejam solucionados.

Entre os principais cuidados necessários no pós-operatório do implante estão:

  •         Cuidado ao mastigar, mastigando lentamente do lado que não foi operado.
  •         Não consumir alimentos quentes, ácidos e consistentes até a recuperação total.
  •         Repouso absoluto (sem falar, movimentar a boca e locomover).
  •         Evitar cuspir e bochechar diante dos sangramentos. A escovação deve ser feita com movimentos leves.
  •         Aplicar compressas de gelo 24 horas depois da cirurgia para o controle de edemas. Aplique por cerca de 10 minutos, com intervalos de 5 a 10 minutos.
  •         Não fumar durante o período, evitando infecções e atraso na cicatrização.

Mesmo que a cirurgia seja praticamente indolor por causa da anestesia local, é normal que o pós-operatório seja marcado por certos desconfortos e dores moderadas, no entanto são sintomas passageiros e que podem ser controlados pelos cuidados necessários.

Com a tecnologia, os procedimentos estéticos com o implante dentário estão cada vez mais acessíveis e técnicas cada vez mais modernas possibilitam uma recuperação mais confortável, sem complicações e indolor.

Quanto custa um implante dentário?

O valor do implante dentário pode variar de acordo com uma série de fatores, tais como materiais, tipos, técnica escolhida, de profissional para profissional e de clínica para clínica.

O valor médio dos materiais nacionais varia de R$800 (oitocentos reais) a R$3.500 (três mil e quinhentos reais). Quanto aos materiais importados, o custo varia de R$8.000 (oito mil reais) a R$16.000 (dezesseis mil reais), dependendo da situação e de suas necessidades.

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

As visitas periódicas ao dentista são essenciais para a manutenção de saúde bucal e para a manutenção dos implantes dentários, fazendo com que os resultados sejam mais duradouros e satisfatórios.

É através das idas regulares ao consultório odontológico que o paciente tem acesso a ação preventiva aos problemas bucais que motivam o procedimento e que são evitadas complicações durante o tratamento.

clínica odontológica OralDents traz um novo conceito em Odontologia. Aliando conforto, tecnologia, técnicas avançadas e equipe qualificada, oferecendo aos clientes excelência em tratamentos odontológicos.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!