O Que Você Procura ?

herpes labial

Herpes labial: conheça os tratamentos e como evitá-la

dentista2

Situações como a de feridas surgirem pela boca, principalmente nos lábios, pode ser preocupante. Afinal, mesmo que pareça inofensivo, os ferimentos podem indicar presença de doenças, como a herpes labial.

Em algum momento já ouviu sobre esse assunto, por isso, neste artigo, o objetivo é eliminar quaisquer dúvidas a respeito da herpes labial, de modo que todas elas sejam extintas.

O que é herpes labial?

O herpes labial se trata de uma infecção viral contagiosa. Tem por característica o aparecimento de bolhas cheia de líquido que aparecem nos lábios e ao redor da boca, gengiva, língua.

Embora o herpes labial seja altamente contagioso, geralmente não se trata de uma infecção de risco. Em pessoas saudáveis, o herpes labial geralmente desaparece por conta própria em uma a duas semanas.

Herpes labial: transmissão

O herpes labial é às vezes chamado também de herpes oral porque é causado pelo vírus herpes simplex tipo 1 HSV-1. Este vírus é muito comum e altamente contagioso.

Ele se espalha pela saliva ou pelo contato próximo, geralmente por meio de beijos ou compartilhamento de utensílios, canudos, toalhas ou protetor labial com alguém que tem o vírus.

Você pode não saber se foi infectado pelo HSV-1 porque os sintomas de exposição ao HSV-1 são geralmente leves. Em crianças às vezes desenvolvem febre e pequenas bolhas dentro e ao redor da boca quando são expostas ao vírus pela primeira vez.

Reinfecção

Uma vez que o vírus herpes simplex é contraído, ele não pode ser curado. No entanto, ele pode ser controlado. Depois que as feridas cicatrizam, o vírus permanece latente em seu corpo. Isso significa que novas feridas podem aparecer a qualquer momento quando o vírus for reativado.

Algumas pessoas com o vírus relatam surtos mais frequentes quando o sistema imunológico está fraco, como durante doenças ou períodos de estresse.

Herpes Labial, quando o vírus é reativado:

A reativação é quando o vírus volta com os sintomas da herpes labial, por causa de alguns fatores como resfriado, gripe, indisposição gástrica, menstruação, fadiga, transtorno emocional, stress, ferimento, luz solar intensa e simplesmente quando você está se sentindo muito cansado, ou “quebrado”.

dentista1

Quando acontece essa reativação, o vírus pode se distribuir novamente pelo nervo até a pele, onde causará as feridas e demais sintomas.

Herpes labial e seus sintomas

Para muitas pessoas, os sintomas são mais graves na primeira vez que o vírus se desenvolve. Quando você tem um surto de herpes labial o primeiro sinal é geralmente uma sensação de formigamento, queimação ou coceira nos lábios ou ao redor da bolha que irá se formar, dando início cerca de 12 a 24 horas antes do aparecimento da bolha.

Outro sintoma a área em torno ficar vermelha, inchada e dolorida à medida que as bolhas se formam.

Após 2 a 3 dias, as bolhas se rompem escoando um liquido transparente ou ligeiramente amarelado. Isso às vezes é chamado de “fase de choro”. Cerca de 4 a 5 dias após o aparecimento da bolha, se forma uma casca.

Essa casca pode rachar ou sangrar durante sua cura. A casca então cai, revelando pele que pode ficar um pouco mais rosada ou avermelhada do que o normal por alguns dias. Geralmente, leva de uma a duas semanas para que a bolha cicatrize completamente.

herpes labial tratamento
Mulher passando pomada para herpes labial

 

Herpes labial tem tratamento?

Não há cura para o herpes labial, mas algumas pessoas com o vírus do herpes simplex raramente apresentam surtos. E durante esses surtos o herpes labial se desenvolve. Porém existem várias maneiras de tratá-las.

Pomadas e cremes

Quando o herpes se torna incômodo, você pode controlar a dor e promover a cura com pomadas antivirais ou cremes. Elas tendem a ser mais eficazes se aplicadas assim que aparecem os primeiros sinais de uma ferida.

Herpes labial: tratamentos caseiros

Existem algumas formas de tratar o vírus com alguns remédios caseiros podendo ter seus sintomas aliviados com a aplicação de gelo ou panos com água fria sobre as feridas. Os tratamentos alternativos para herpes labial incluem também o uso de protetor labial contendo extrato de limão.

Aloe vera, um gel refrescante encontrado dentro das folhas da planta do aloe, pode trazer o alívio da bolha. Aplique o gel de aloe vera ou protetor labial com aloe vera em uma bolha três vezes ao dia.

A vaselina não cura necessariamente o vírus, mas pode aliviar o desconforto. Assim como a gelatina pode ajudar a prevenir rachaduras. Também serve como barreira protetora contra irritantes externos.

Uma dica valida e importante é sempre aplicar os remédios caseiros, cremes, géis ou pomadas para herpes labial usando um cotonete limpo ou bola de algodão.

Como evitar herpes labial

Para evitar a propagação para outras pessoas, você deve lavar as mãos com frequência e evitar o contato da pele com outras pessoas.

Certifique-se de não compartilhar itens que tocam sua boca, como utensílios, toalhas, protetor labial e outros itens pessoais podem espalhar o vírus na presença de bolhas, com outras pessoas durante um surto.

Evite também o contato com as feridas, por exemplo, se você esfregar seus olhos e depois de tocar a ferida do herpes labial, poderá, é possível que você provoque uma infecção nos mesmos.

Desse modo, quando ocorre a infecção dos olhos pelo HSV, é possível que haja uma formação de úlceras na parte transparente do olho (córnea), por isso, evite o contato.

Você pode ajudar a prevenir a reativação do vírus, conhecendo suas formas e tomando medidas para evitá-los. Algumas dicas de prevenção incluem:

  • Se tiver herpes labial quando estiver ao sol, aplique um protetor para os lábios de óxido de zinco antes de se expor a ele.
  • Se uma bolha surgir toda vez que você estiver estressado, pratique técnicas de gerenciamento de estresse , como meditação e registro no diário ou outras práticas para o alivio do estresse.
  • Evite beijar e entrar em contato com a pele de pessoas quando houver bolhas. O vírus se espalha mais facilmente quando as bolhas vazam fluido.

Então, o que você estar esperando para garantir seu novo sorriso e manter sua boca saudável?

Agende sua avaliação gratuita conosco aqui!

Afinal, gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!