O Que Você Procura ?

harmonização orofacial

Harmonização orofacial: conheça todos os benefícios

dentista2

Harmonização orofacial é um procedimento que visa a harmonia do sorriso com o rosto. É visto como um adicional a finalização de algum tratamento ortodôntico e pode ter sua realização através de diversas abordagens.

Mesmo não sendo um tratamento muito conhecido como é o caso da harmonização facial, está ganhando força pelos seus resultados positivos.

Logo, o sorriso, mesmo que alinhado, pode ainda causar insatisfação, e é nesses casos que a harmonização orofacial se mostra útil.

Conheça mais sobre a harmonização orofacial e as suas particularidades.

Harmonização orofacial, o que é?

Esse procedimento, como o próprio nome indica, busca trazer harmonia entre a região orofacial; da boca com a face. São muitos os pacientes que não se conformam apenas em terem dentes mais brancos e corretos, mas buscam também esse equilíbrio.

Procedimentos como a harmonização orofacial são recentes e frutos da aliança que a odontologia possui com a tecnologia.

Ademais, essa harmonia defendida por esse tratamento também se baseia na reconstituição funcional além da estética. As funções orais mastigatória e respiratória são reconstruídas através da moldagem óssea, modificando a postura dos músculos faciais e solucionando debilidades funcionais.

É por meio desse procedimento que o dentista consegue proporcionar ao paciente a harmonia almejada e uma melhor aparência.

Dentre as demais motivações desse tratamento estão: amenização de dores de cabeça e que na articulação da mandíbula, combate a problemas como apneia do sono e alergias, otimização do implante dentário, e por fim, melhora do alinhamento da arcada e uma respiração e mastigação correta.

dentista1

como é feito esse procedimento

Como é feito esse procedimento?

O procedimento de harmonização orofacial assim como a harmonização facial pode ser feito de diversas abordagens, mas a mais comum é feita por toxina botulínica. Dentre demais procedimentos que podem fazer parte desse processo estão a bichectomia, lipoenzimática, microagulhamento e o ácido hialurônico.

Todas as abordagens possuem o mesmo objetivo, corrigir imperfeições que comprometem e impactam a aparência do paciente.

A escolha é mediada pelo cirurgião-dentista, levando em conta os objetivos, a situação e fatores específicos. Todas as opções são pouco invasivas e não se assemelham a um processo cirúrgico.

Agindo para garantir a simetria da face e a melhor divisão de suas proporções, o procedimento se procede após uma avaliação das estruturas do rosto e dentárias.

É assim que o dentista consegue personalizar e agradar ainda mais o paciente procurando solucionar todas as suas insatisfações.

Toxina botulínica

O uso dessa toxina traz benefícios não só estéticos, mas também a saúde bucal. Sendo popularmente conhecida por sua capacidade de prevenir e suavizar linhas de expressões e rugas, também é capaz de sanar problemas como rosto assimétrico, sorriso gengival, amenizar as dores tensionais e ainda controlar o bruxismo.

Essa técnica é pouco invasiva e segura, devolvendo mais firmeza a derme. Entretanto, mesmo que seja um processo confiável, é necessário que o paciente interessado busque por um dentista especialista em harmonização orofacial, diminuindo ainda mais os riscos de danos ao sistema motor e aos vasos sanguíneos.

Além das rugas e do sorriso gengival, a correção do lifting da face e da posição da sobrancelha também é possível

Bichectomia

Por sua vez, a bichectomia é um procedimento também conhecido e que tem como objetivo principal a remoção da chamada Gordura de Bichat, ou Bola de Bichat das bochechas. Esse tratamento é adequado para trazer simetria ao rosto por meio de seu afinamento.

Nesse caso, a execução do procedimento é por uma cirurgia, sendo ainda mais necessário a avaliação prévia do cirurgião dentista e as suas devidas orientações.

Ácido hialurônico

A adesão do ácido hialurônico para a harmonização orofacial tem foco na amenização do “bigode chinês” na aparência. Esse ácido atua então, reduzindo as linhas que contornam e dão volume aos lábios.

Essa toxina colabora preenchendo o espaçamento entre as células, e assim, mantendo a pele lisa, flexível e bem hidratada.

Dessa forma, a atuação do ácido hialurônico é bem semelhante à do botox, trazendo resultados otimistas que se baseiam na harmonização da face e sorriso pela correção de certas falhas.

Ácido deoxicólico

A utilização dessa substância ácida visa a redução da papada, contribuindo assim para um sorriso mais harmônico com o rosto .

Essa enzima, contudo, já é sintetizada no organismo pela bile para liquefazer a gordura. Dessa maneira, ela faz com que as células gordurosas se quebrem e sejam extinguidas pelas vias sanguíneas.

Portanto, a indicação de seus empregos na face é principalmente para pessoas que possuam gordura localizada abaixo do queixo, a papada, ou o famigerado queixo duplo.

Por fim, a harmonização orofacial e suas abordagens devem ter sua realização feita por profissionais habilitados e que tenham especialização em estética.

Cabe ao seu cirurgião-dentista mediar a escolha e o decorrer do tratamento por meio de sua análise situacional e da estrutura facial do paciente.

Quer saber também quanto custa o procedimento da harmonização? Não deixe de conferir nosso artigo: Quanto custa uma harmonização facial?

Tratamento ortodôntico e estética orofacial

Mesmo que geralmente seja um procedimento realizado depois de um tratamento ortodôntico, a estética orofacial não necessariamente vai ter essa relação. No entanto, em alguns casos, o alinhamento dos dentes influencia bastante no resultado final, permitindo um maior grau de satisfação.

Cabe ao odontologista avaliar também se o uso do aparelho ortodôntico vai ser necessário para um melhor resultado.

especialização em harmonização orofacial

É necessária uma especialização em harmonização orofacial?

A harmonização facial é um procedimento regulamentado para cirurgiões-dentistas e é reconhecido como uma especialidade odontológica pela Resolução 198/2019 do Conselho Federal de Odontologia.

Com isso, a sua realização se restringe apenas a um dentista especialista.

O corpo docente da especialização deve ser composto por já especialistas em harmonização orofacial que possuem registro no Conselho Federal de Odontologia.

Por fim, o registro de especialista se limita apenas a aqueles que adquiriram o certificado em algumas das instituições que o MEC rege em sua atuação.

Visitas periódicas ao dentista

Como dito, o contato com o dentista é de suma importância para a decisão e para o processo necessário do tratamento.

Contudo, uma vez que a intenção é justamente um sorriso mais bonito e harmônico, os bons hábitos que incluem uma boa saúde bucal também devem estar inclusos.

A manutenção da saúde bucal devida, por sua vez, inclui as idas periódicas ao consultório do dentista e a boa higiene bucal realizada na rotina e que deve se basear nas orientações desse profissional.

Tendo isso em vista, garanta mais saúde e qualidade para seu sorriso agendando em uma de nossas clínicas odontológicas OralDents.

Gostou do texto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários!

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!