O Que Você Procura ?

escova de dente para bebê

Escova de dente para bebê: como escolher a escova ideal

dentista2

A escolha da melhor escova de dente pode ser um motivo de dúvida na vida adulta, ainda mais no primeiro contato.

Saiba aqui como escolher a melhor escova de dente para o seu bebê e como realizar a escovação dos dentes de leite de forma correta.

O que são dentes de leite?

Os dentes de leite, dentes decíduos ou primários, nada mais são do que as nossas primeiras estruturas dentárias a aparecerem na boca. São estruturas provisórias e que são previamente trocadas pelos dentes permanentes.

O nascimento dos dentes de leite é um momento bem marcante no desenvolvimento da criança, mudando hábitos não só da alimentação, mas também da higiene bucal. É pelo preenchimento da boca com os primeiros dentes que a mastigação é introduzida ao seu estilo de vida, mas também a prevenção para problemas bucais como as cáries de mamadeira e a gengivite, e assim a perda prematura dos dentes.

O nascimento dos dentes de leite começa por volta dos 6 meses de idade, sendo um processo gradual e que pode perdurar por alguns anos. Os primeiros dentes a nascer geralmente são os dois dentes da frente na arcada superior, mas isso pode variar de criança a criança.

É comum que o bebê sinta desconforto em meio ao processo de nascimento da criança, sendo de essencial importância o acompanhamento de perto dos pais e de um odontopediatra.

Como é o processo de nascimento dos dentes de leite?

Ao todo, o bebê será marcado pelo nascimento de 20 dentes de leite, sendo 10 na arcada dentária superior e outros 10 na arcada inferior da boca. Entre os dentes que compõem a dentição decídua estão dentes caninos, molares, incisivos centrais e dentes incisivos laterais. Pré-molares restringem a dentição permanente.

O processo de nascimento dos dentes de leite acontece aos poucos. Após o nascimento dos dentes da frente superiores, normalmente após o período de um mês, nascem os dentes frontais inferiores. O processo se concretiza por volta dos 3 anos de idade, mas os dentes só começam a cair por volta dos 6 anos de idade da criança.

É importante que a troca dos dentes naturais para os dentes permanentes aconteça de forma natural, não correndo risco para complicações. Durante esse período as visitas ao dentista são essenciais para o acompanhamento odontológico, mas não envolve a retirada de nenhum dente à força, também não sendo recomendada nenhuma receita caseira.

dentista1

Como o desenvolvimento dos dentes pode gerar um certo desconforto aos pequenos, a ingestão de alimentos e bebidas gelados ou frios, o uso de mordedores frios podem promover certo alívio e trazer tranquilidade ao período.

escova de dente bebe

Qual melhor escova de dente para bebê?

Em meio ao nascimento dos dentes de leite se percebe que a higienização com uma gaze úmida não é suficiente para manter a limpeza da zona bucal. Dessa forma, é comum que os pais tenham dúvida de como escolher a escova de dente mais adequada para uma escovação eficiente desde o início.

Essa dúvida é ainda mais intensificada diante a variedade de opções, tanto de cores quanto de formatos.

Os dentistas geralmente indicam uma escova de dente de cabeça pequena, com cerdas macia ou extra-macia e um cabo proporcional à mão do bebê. No entanto, é importante que os pais orientem os seus filhos desde o início para que os movimentos ocorram de forma correta.

Nos primeiros momentos a escovação será feita pelos pais, para que gradualmente a criança ganhe confiança e coordenação motora, geralmente começando a fazer uma escovação satisfatória sozinha pelos 9 a 12 anos de idade.

Como deve ser feita a escovação dos dentes de leite?

A escovação dos dentes primários deve ser feita com movimentos suaves, revezando entre movimentos circulares e de varredura. Não esquecendo da escovação da gengiva e da língua.

A atenção na hora de escolher a escova também faz diferença no sucesso da técnica, já que cerdas duras e movimentos brutos podem comprometer a saúde bucal, desgastando os dentes e podendo levar a retração das gengivas. Uma vez que a raiz do dente e os nervos da polpa se encontram expostos, há o risco de desenvolver a sensibilidade dentária.

Quanto à cabeça da escova, deve ser pequena para que seja possível o acesso aos lugares mais difíceis da boca. Quando a escova possui uma cabeça grande não consegue se acomodar bem a boca pequena da criança, dificultando os movimentos e comprometendo o bom resultado da limpeza.

Também buscando facilitar os movimentos da escovação feita pela criança, o cabo deve ser proporcional ao tamanho de sua mão, uma vez que cabos muito curtos ou muito longos podem dificultar o manuseamento do objeto.

Logo, a escova ideal tende a variar de acordo com a faixa etária. Com o passar do tempo a fisionomia e a arcada dentária do paciente passam por mudanças e as necessidades quanto a escovação mudam. Por isso, mantenha sempre o dentista especialista por perto para prestar as orientações necessárias.

A higiene bucal deve ser feita 3 vezes ao dia, entre os intervalos das refeições.

Entre as mudanças quanto a escovação está a introdução do creme dental, que deve ocorrer por volta dos 2 anos de idades, estando de acordo com as indicações do dentista a respeito da composição e concentração de flúor (1000 ppm a 1500 ppm).

A escovação não é suficiente sozinha para manter a saúde bucal em dia. A passagem do fio dental deve começar desde o nascimento do primeiro dente, passando a ser essencial a partir dos 3 anos com o nascimento dos dentes molares.

Por fim, o indicado é que o bochecho com o antisséptico bucal com flúor e sem álcool comece entre os 6 e 12 anos de idade, na supervisão de um adulto para não que o produto não seja engolido.

Passo a passo para escovação ideal do bebê

Para facilitar o processo, a higienização pode ser feita em etapas. Conheça o passo a passo:

  • Primeiramente, a escova deve ser deslizada paralelamente a linha da gengiva, compreendendo grupos de quatro dentes por ao menos 10 segundos;
  • Logo após, a escovação deve ser feita da gengiva para a ponta dos dentes, por meio de movimentos leves. A superfície externa e interna deve seguir essa mesma regra;
  • Em seguida a escova deve passar pela parte de cima do dente, responsável pela mastigação, utilizando movimentos de vai e vem.
  • Por fim, não se deve esquecer de escovar a língua, já que também acumula bactérias e causa o mau hálito (halitose).

visitas regulares ao dentista

Visitas regulares ao dentista

É por meio de uma escovação bem feita que o desenvolvimento dos dentes do bebê acontece de forma saudável, prevenindo complicações causadas pelo acúmulo de placa bacteriana.

No entanto, para otimizar ainda mais os bons hábitos, as visitas ao odontopediatra devem ser regulares, analisando o nascimento dos dentes e detectando anomalias e tratando de forma precoce.

As visitas ao consultório odontológico devem ocorrer de 6 em 6 meses, podendo ser encurtada diante de dúvidas durante o processo. Além do desenvolvimento dos dentes, é por essa periodicidade que se analisa também o desenvolvimento da mandíbula mordida da criança.

Logo, a visita a uma clínica odontológica OralDents visa não só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você tem alguma pergunta? Deixe sua pergunta abaixo e nós teremos prazer em respondê-las.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!