Você pode agendar a qualquer momento

Endodontia: tudo sobre essa especialidade!

Talvez essa palavra não seja muito familiar em seu vocabulário. Já o tratamento de canal possivelmente você já escutou, ou até mesmo precisou se submeter a esse tipo de tratamento. Mas vamos por parte, antes de falar mais sobre o tratamento de canal, vamos explicar sobre endodontia e o que ela faz.

O que é endodontia?

A endodontia é uma especialidade que trata da parte interna do dente, ou seja, a palavra endo quer dizer dentro/interno, já a palavra dontia significa dente. Endodontia envolve o tratamento de toda estrutura interna do dente, conhecida também como polpa dentária. Normalmente esse tipo de tratamento é feito por um especialista que é endodontista. Porém, dependendo da complexidade e gravidade, outros profissionais da área odontológica também são capazes de realizar.

Como é feito o tratamento de canal?

Como já falamos anteriormente, a endodontia é a especialidade que cuida do tratamento de canal, provavelmente esse tipo de tratamento já seja familiar para você. Mas você sabe como funciona?  Se não, não se preocupe te explicamos tudo por aqui.

O tratamento de canal funciona com a extração da polpa, que também é conhecida como tecido mole. Normalmente esse tecido pode estar inflamado, contaminado ou até mesmo “morto”, dependo do nível da inflamação. Após a remoção dessa infecção, o especialista preenche o canal com a obturação. Esse procedimento protege e previne a contaminação com outras infecções ou bactérias. Desta forma, é possível manter a funcionalidade e a aparência do dente.

O procedimento do canal, nem sempre é “resolvido” somente em uma visita ao dentista, por isso é importante consultar um especialista para entender o tempo e como conduzir corretamente o seu tratamento.

Por que fazer o tratamento de canal?

É sempre importante ressaltar que o primeiro passo antes de fazer o seu próprio diagnóstico, é procurar um profissional especializado. Geralmente o tratamento de canal é indicado quando o paciente possui uma cárie profunda ou quando existe algum tipo de lesão ou inflamação no dente. Nem todo dente que precisa do tratamento de canal já doeu algum dia. Às vezes é uma doença silenciosa e quando o paciente percebe já está perdendo o dente, principalmente dentes traumatizados.

Como saber que preciso fazer tratamento de canal?

 Geralmente, os principais sintomas que mostram a necessidade de procurar por um endodontista são:

  • Dor de dente persistente, principalmente ao ingerir alimentos frios ou quentes.
  • Dentes escurecidos podem sinalizar sinal de infecção.
  • Dificuldade no momento da mastigação, devido ao inchaço próximo ao dente.
  • Aparecimento de bolhas ou pus de sangue ao redor do dente
  • Dores no maxilar ou na mandíbula, normalmente essa dor reflete a dor do dente inflamado e pode ocasionar dores de cabeça e até mesmo dores de ouvido.
  • Exposição do nervo, quando existe alguma fratura no dente.

Tratamento de canal dói?

Com o avanço tecnológico, é bem difícil que você sinta dores durante o seu tratamento. Então fique calmo e procure por um profissional de confiança para que tudo seja feito com total segurança e conforto.

Quanto custa o tratamento de canal?

Esses valores podem variar muito de cada região, profissional ou empresa que presta esse serviço. Influencia também a gravidade do problema e qual é o dente que precisa ser tratado. Os valores normalmente caminham na faixa de R$ 200,00 e R$ 500,00.

Tratamento de canal  e traumas faciais

 Os traumas faciais podem acontecer devido a diversas situações que vivemos em nosso dia a dia. Esses podem acontecer durante algum acidente de trânsito, uma queda, enquanto pratica algum esporte ou até mesmo durante algumas “brincadeiras” quando se trata de crianças.

endodontia

Tipos de Traumas

Fratura de coroa

Quando ocorre esse tipo de trauma, a polpa do dente pode ser ou não exposta. Nesses casos normalmente o paciente relata dores fortes, quando existe exposição pulpar, como essa é uma região com nervos e vasos sanguíneos.

Caso aconteça com você a fratura da coroa e a quebra do dente, é importante proteger essa parte. Em algumas situações pode ser que seja necessário realizar o tratamento de canal.

Fratura de raiz

Em situações de fratura de raiz, a lesão pode ser vista somente por meio de uma radiografia. Por isso, é muito importante procurar por um dentista sempre que esse tipo de traumatismo acontecer.

Já em algumas situações, o tratamento pode ser mais demorado, já que a raiz é um local difícil de ser encontrado. É importante lembrar também, que se a fratura não for diagnosticada, o dente pode ficar sujeito a atuações de bactérias, causando a reabsorção óssea, o que pode levar a perda do dente mesmo que depois de algum tempo que tenha ocorrido à fratura.

Deslocamento dental

Em alguns casos, é possível que o dente afetado se desloque da sua posição. Nessas situações, pode acontecer a ruptura da irrigação sanguínea e também da inervação, levando assim a necrose e a reabsorção dentária com o passar do tempo.

Como prevenir os traumas?

Algumas situações não estão sob nosso controle, e infelizmente acabamos nos submetendo a situações delicadas e até mesmo perigosas. Porém, com algumas instruções é possível que você consiga amenizar as possibilidades de acontecer. Atenção para algumas dicas:

  • Se você sofre de bruxismo ou percebeu que tem os sintomas desse distúrbio, procure um dentista para que seja feito o tratamento, porque o distúrbio pode lesionar os dentes.
  • Na infância, o maior número de casos de traumas acontece no período em que a criança está começando a andar. Então, evite locais de risco, e fique sempre atento aos seus passos.
  • No caso dos adultos, o risco maior é durante a pratica de exercícios físicos. Por isso, utilize sempre proteções bucais, no caso de lutas, por exemplo. Ou em qualquer outra atividade que possa colocar em risco a saúde dos seus dentes.
  • Evite tapetes escorregadios, móveis e objetos que possam ocasionar a queda das crianças.
  • E claro, sempre faça o uso do cinto de segurança. E no caso de transporte de crianças, faça sempre o uso das cadeirinhas recomendadas de acordo com a idade.

Porque o dente escurece após um trauma?

 Normalmente quando acontece um trauma, o dente pode sofrer algumas alterações, como mudança de cor, escurecimento da coroa dental, dor, inchaço e outras modificações. O escurecimento acontece a partir de uma necrose pulpar devido a interrupção do suprimento sanguíneo e nervoso da polpa dentária, o que da “vida” ao dente. Quando o dente é enfraquecido ele perde a sua hidratação, podendo ficar opaco e perder o brilho, apresentando assim o escurecimento com o passar do tempo.

Como retirar a mancha causada por um trauma?

Quando tratamos de manchas causadas por traumas, normalmente elas não somem sozinhas ou com o tempo. Quando ocorre o escurecimento é necessário que tenha a avaliação de um dentista para uma correção estética.

Os tratamentos recomendados são o de canal ou o clareamento dentário. No caso do canal, é recomendado para danos irreversíveis, já o clareamento é indicado para traumas menos agressivos e são feitos de forma interna.

É importante se atentar para alguns fatores, como há quanto tempo ocorreu o trauma ou o tratamento de canal, normalmente quanto mais tempo tiver, mais difícil fica para realizar o clareamento. Caso não seja possível o paciente realizar algum desses procedimentos, alternativas são indicadas, como facetas em resina composta, porcelana, ou materiais protéticos que também são eficazes para disfarçar o escurecimento.

O dente com trauma pode ser perdido?

 O risco de perda é quando ocorre a necrose crônica. Essa necrose pode levar a uma grande área infectada, que em alguns casos mais sérios, afetam os tecidos de sustentação do dente. Em maior parte, o risco de perda é bem reduzido. Uma das maiores preocupações é o lado estético, é sempre importante consultar com seu dentista e fazer uma avaliação da situação para que seja indicado qual o melhor tipo de tratamento.

 Quanto tempo de recuperação do tratamento de canal?

Essa recuperação depende muito do seu tipo de tratamento. Normalmente a recuperação é consideravelmente rápida, e em pouco tempo você já sentirá o alívio da dor e uma melhora significativa no desconforto que sentia. Porém, alguns casos podem levar um tempo maior para essa recuperação.

endodontia

Como prevenir para não precisar fazer canal?

Todo cuidado com a sua saúde bucal é muito importante, como fazer a limpeza diária corretamente, ajuda com que você evite se submeter a tratamentos mais sérios, como o tratamento de canal. Além de desejar um sorriso esteticamente bonito, como dentes brancos e alinhados, a saúde de sua boca no geral deve estar em dia.  Vai muito além de estética, pois os dentes são responsáveis por outras funções muito importantes para o funcionamento completo de nosso organismo, como a mastigação, a fala e a respiração.

O surgimento das cáries é o resultado da digestão ou metabolização do açúcar e começam em formato de placa bacteriana.  A placa bacteriana estraga lentamente os dentes, desde o esmalte dos dentes até as estruturas mais profundas do dente, até formar um buraco, que é conhecido como cárie.

Recomendações para evitar o surgimento de cáries:

  • Faça o uso do fio dental diariamente
  • Escove os dentes após as refeições
  • Evite a grande ingestão de açúcar
  • Alimente-se bem, invista em uma alimentação com fibras
  • Utilize enxaguante bucal após a escovação
  • Faça tratamento com flúor periodicamente
  • Faça acompanhamento com dentista a cada seis meses

Existem cuidados que devem ser redobrados caso seus dentes sejam tortos ou desalinhados, e isso dificulta a higienização. Por isso, procure um ortodontista para analisar sua saúde bucal.

Nas crianças a prevenção deve começar desde cedo, antes mesmo de surgir os primeiros dentes. O cuidado dos pais é fundamental, além de sempre ensinar e incentivar o cuidado e prevenção. E claro, visite sempre o dentista e acompanhe sempre a sua saúde bucal.

Plano odontológico cobre endodontia?

O tratamento de canal é considerado um procedimento complexo na lista de procedimentos que os planos devem cobrir, porém, de acordo com a regulamentação da ANS, esse é um tipo de tratamento com cobertura garantida por eles.

São considerados procedimentos complexos aqueles que envolvem tratamentos mais agressivos. Como o canal, cirurgias de pequeno porte, extração de dentes. Contudo, no geral, os planos de saúde (odontológicos) fazem a cobertura de endodontia. Lembrando que é sempre importante verificar a sua situação em específico, se o especialista que você escolheu aceita a inclusão do plano como forma de pagamento.

Escolhendo um bom endodontista

Dessa forma, saúde é algo que não podemos deixar para depois, e muito menos nos arriscar com qualquer profissional. Quando tratamos de nossa saúde, é preciso que tudo seja feito com o máximo de segurança e zelo. Não caia nas tentações de propostas muito econômicas ou tratamentos rápidos demais.

Um bom tratamento endodôntico requer tempo e investimento. Pesquise, estude, avalie e faça sua escolha de forma consciente e segura. E lembre-se, nada substitui a avaliação e orientação de um profissional.

Se você está em dúvida sobre qual dentista escolher, nós te ajudamos nessa escolha também. A Clínica OralDents traz um novo conceito em Odontologia. Aliando conforto, tecnologia, técnicas avançadas e equipe qualificada, proporcionamos aos nossos clientes excelência em tratamentos odontológicos, oferecendo uma excelente relação custo-benefício.

Clique aqui e faça agora e agende sua avaliação!

Gostou desse conteúdo? Tem alguma dúvida ou sugestão? Conta pra gente!

 

 

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!