Dentes sensíveis: tudo sobre sensibilidade dos dentes

Comer algo gelado já foi ou tem sido um incômodo? Dentes sensíveis realmente incomodam, porém, não deve ser algo ignorado, se seus dentes estão sensíveis demais, talvez seja o momento de entender o porquê e procurar por um dentista.

dentista2

Sensibilidade nos dentes

O esmalte do dente é composto por um material mineralizado e praticamente impermeável, porém se essa proteção é retirada e o dente ficar exposto, provavelmente apresentará sinais de sensibilidade.

Algumas pessoas tem a sensibilidade ao gelado, mas quando essa sensibilidade acontece até mesmo com a temperatura natural dos alimentos ou dos líquidos, é importante observar também. Em alguns casos, é possível que a pessoa sinta sensibilidade até mesmo durante a escovação dos dentes.

Se seus dentes estão sensíveis demais, é hora de procurar por um dentista, as possíveis causas são muitas, e normalmente o tratamento depende da causa, por isso, é importante lembrar que nem sempre somente as pastas para dentes sensíveis vão resolver.

Causas da sensibilidade nos dentes

A sensibilidade nos dentes é um problema comum, afinal, você sabe quais são as suas possíveis causas?

Normalmente trata-se de uma condição que desenvolve com o decorrer do tempo, como a retração gengival, que é causada pela má escovação, uma escovação com muita força e desgaste do esmalte dentário.

Essa sensibilidade normalmente aparece quando a parte mais macia e interna do dente fica exposta, devido à retração gengival.

A dentina é ligada ao centro do dente por milhares de canais microscópicos.

Quando essa dentina é exposta, alguns estímulos externos, como o líquido frio, ativam os nervos no centro do dente, causando assim uma dor aguda breve, conhecida como a sensibilidade dentária.

Agora vamos a algumas causas, mas é sempre importante lembrar que, somente um dentista poderá dar o diagnóstico de que você realmente tem hipersensibilidade ou sensibilidade nos dentes.

dentista1

Vejamos algumas causas.

Desgaste do esmalte do dente

O desgaste do esmalte do dente pode ocasionar a sensibilidade, mas vamos entender primeiro o que é o esmalte do dente, o esmalte trata-se da superfície mais externa e rígida do dente.

Por mais que ela seja dura, o desgaste do esmalte pode ocorrer e deixar exposta a dentina que fica embaixo dele, causando assim a sensibilidade nos dentes.

 O que causa o desgaste no esmalte do dente?

Bruxismo

Se você tem o hábito de ranger ou apertar os dentes durante o dia ou durante a noite, provavelmente você sofre de um distúrbio chamado de bruxismo.

O bruxismo ocasiona o desgaste do esmalte dos dentes, o que ocasiona a exposição da dentina ao longo do tempo.

Se você suspeita que tenha bruxismo, é sempre importante consultar com um dentista para que ele faça o seu diagnóstico e recomende qual a melhor forma de tratamento.

Escovação dos dentes

Se você é do tipo de pessoa que escova os dentes com muita força e com muita frequência, você pode causar o desgaste do esmalte do dente. O que pode ser conhecido também como erosão do esmalte.

A escovação muito forte pode causar também a recessão gengival.

Neste caso, peça orientação ao seu dentista, para que ele oriente sobre a melhor forma de fazer a escovação dos dentes, e qual a rotina de higienização é mais adequada para você.

É importante também se atentar para as escovas de cerdas mais macias.

 

O que mais pode causar a sensibilidade nos dentes?  

Recessão Gengival

A retração gengival ou recessão gengival é quando a gengiva desce em relação ao dente, deixando exposta a área do dente que não tem revestimento do esmalte, sendo assim, essa região, onde fica localizada a raiz dentária que é mais sensível.

Essa recessão pode ser causada por inúmeros hábitos, e o tratamento depende da causa do problema.

Cárie

Normalmente, quando a cárie alcança a dentina, ela causa dor. Pode ser uma dor pequena, mas é sempre um sinal de alerta e que deve ser observado, pois ela pode aumentar rapidamente.

Restauração fraturada ou com infiltração

Nem sempre é visível a imagem da fratura ou infiltração de uma restauração, e muitas vezes a dor é o primeiro sintoma. Em casos como este, a restauração precisa ser feita.

Trauma Oclusal

O trauma oclusal ocorre quando a estabilidade oclusal não está boa, quando uma restauração nova está um pouco alta ou quando se come algum alimento mais duro.

Erosão ácida

Em alguns casos, com o consumo excessivo de bebidas ou comidas ácidas, como  refrigerantes, ketchup, vinho, café ou chá, o até mesmo o  refluxo do suco gástrico (gastrite, bulimia, anorexia nervosa). E também uso de drogas como metanfetamina, pode provocar o desgaste do esmalte dental.

O ácido cítrico que está presente em refrigerantes e energéticos é conhecido por ter uma alta capacidade de causar desmineralização de esmalte.

O ph ácido provoca essa desmineralização, que nada mais é do que a perda do cálcio do dente. Com uma dieta equilibrada, é possível que a saliva neutralize o ph e permita a remineralização.

 

Clareamento dental pode causar sensibilidade?

Normalmente a sensibilidade que surge após o tratamento de canal feito por profissionais, é diferente da hipersensibilidade dentária. Os riscos de se fazer um clareamento sem a orientação correta de um dentista são sérios.

Utilizar agentes clareadores sem a orientação, dependendo da aplicação e concentração, pode aprofundar na câmara pulpar (também conhecido como o lugar onde fica a polpa do dente) principalmente em dentes que são restaurados.

Desta forma, o dente se torna muito mais sensível, e em alguns casos podem causar danos irreversíveis a polpa.

Alguns estudos indicam que creme dental que contém nitrato de potássio em sua composição, em alguns casos, reduz o impacto da sensibilidade nos dentes após o clareamento.

Lembrando que é sempre importante consultar o seu dentista para que ele te oriente melhor.

Qual melhor creme dental para sensibilidade nos dentes?

É muito importante que uma boa higienização bucal seja mantida diariamente, evitando assim problemas como o da sensibilidade.

Faça sempre a escovação de forma correta, passe o fio dental e limpe a língua. Mantendo sua boca sempre saudável, a chance da carie se instalar no esmalte do dente é muito menor.

É válido lembrar também que alguns cuidados devem ser tomados no momento da escovação, evite colocar muita força quando estiver escovando os dentes.

Uma escovação de qualidade não exige força, mas sim técnicas e movimentos feitos de forma correta.

A pressão quando feita em excesso pode causar o desgaste do esmalte do dente, aumentando os riscos da sensibilidade.

Alguns produtos para a higienização bucal, como cremes dentais e enxaguantes bucais, com flúor em sua composição, podem contribuir para o fortalecimento do esmalte dos dentes.

Só tenha cuidado com o flúor em gel, que pode colaborar com o aumento da sensibilidade.

A melhor opção para você utilizar para ajudar no combate a sensibilidade, continua sendo o creme dental, lembrando que ele não é a única forma de solucionar o seu problema e seu uso deve ser contínuo, além do mais, ele deve ser recomendado por seu dentista.

Separamos algumas opções de sugestões de cremes dentais formulados para tratar dentes sensíveis. Lembrando que são apenas sugestões, nunca deixe de consultar o seu dentista.

Creme dental para tratar a sensibilidade

Proporciona alívio rápido e duradouro da sensibilidade, ainda continua sendo eficaz mesmo após a ingestão de alimentos ácidos.

Cria uma barreira nos canais que levam até o centro dos dentes, impedindo a sensibilidade.

Este produto também protege os dentes contra problemas de gengivas que são causados por bactérias, prevenindo também a retração gengival.

Previne e combate a hipersensibilidade, além de contribuir para a redução de germes e bactérias que causam placa, tártaro e mau hálito.

Ajuda no bloqueio de micro canais conectados aos nervos do dente, impedindo assim que alimentos ou bebidas ativem a dor.

Como evitar e tratar dentes sensíveis

Claro que é importante consultar seu dentista e seguir qual o melhor tratamento que ele irá lhe indicar, porém com algumas dicas, você pode prevenir e cuidar de uma melhor forma de seus dentes, evitando assim problemas como a sensibilidade.

  • Escolha bem a sua escova:

Tenha preferência por escovas macias e com maior quantidade de cerdas. As cerdas arredondadas costumam ser as mais indicadas.

 

  • Evite o consumo de bebidas ácidas: 

Claro que você não estará proibido de ingerir estas bebidas, porém é sempre importante ter certo equilíbrio ao consumir determinadas bebidas.

Como refrigerantes, isotônicos e energéticos. Em alguns casos, é válido fazer o consumo com o auxílio de canudos, assim o contato da acidez com os dentes é menor.

 

  • Não utilize vinagre como tempero de saladas:

Dê preferência aos azeites e ao sal, evitando assim o choque nos dentes sensíveis.

 Quando estimulamos o fluxo salivar, a acidez da boca é neutralizada. Porém, se escovarmos os dentes com o ph desequilibrado, a acidez é passada nos dentes através da escova, desmineralizando o esmalte.

 

  • Cuidado com clareamentos feitos sem a supervisão de um profissional:

Se o seu tratamento não foi recomendado por um dentista, é melhor que você não realize.

O ideal é que até mesmo os produtos branqueadores disponíveis no mercado sejam evitados, principalmente se você já tem problemas com sensibilidade.

Esses produtos, utilizados de forma incorreta e sem o auxílio de um profissional, podem agravar o problema.

  • Trate o bruxismo: 

Se você estiver recebendo sinais de que pode estar com bruxismo, é melhor procurar por um dentista para tratar o problema antes dele se tornar mais grave.

O dentista lhe recomendará a melhor forma de tratamento, evitando assim o desgaste do esmalte do dente.

Tratamento para dentes sensíveis 

Se você está com dúvida se realmente está sofrendo de sensibilidade dental, é indispensável consultar o seu dentista antes.

Apenas um profissional indicado, poderá lhe passar o diagnóstico e qual a melhor forma de realizar o seu tratamento.

O tratamento da sensibilidade é tratado de acordo com a causa do problema, se seu caso é a dentina ou parte da raiz exposta, pode ser que seja tratado com uso de creme dental para sensibilidade ou enxaguantes e controle alimentar.

É importante lembrar que alguns tipos de sensibilidade não têm cura, mas tem controle, assim como a diabetes.

Em alguns casos mais complexos o tratamento pode varia, veja algumas possíveis formas de tratamento:

  • Restaurações;
  • Cirurgias pequenas para proteção da dentina;
  • Agentes fixadores que impermeiam a superfície da dentina e muitos outros.
  • Verniz de flúor para auxiliar a mineralização do esmalte e da dentina;
  • Laser de baixa potência com ação analgésica e anti-inflamatória

 

Como escolher um bom dentista?

Saúde é coisa séria, e a saúde dos seus dentes também, por isso, ao escolher um bom dentista para cuidar do seu sorriso. Avalie bem, converse com pessoas que já tenham feito tratamento com ele, veja se suas avaliações e recomendações são boas.

Portanto, tenha cautela em pesquisar se seu preço está na mesma faixa de outros profissionais do mercado, ou se está muito abaixo do que o normal.

Não caia nas tentações de propostas muito econômicas ou resultados milagrosos em poucos dias. Um bom tratamento requer tempo. Pesquise, estude, avalie e faça sua escolha de forma consciente e segura.

Se você está em dúvida sobre qual dentista escolher, nós te ajudamos nessa escolha também. A Clínica OralDents traz um novo conceito em Odontologia.

Aliando conforto, tecnologia, técnicas avançadas e equipe qualificada, proporcionamos aos nossos clientes excelência em tratamentos odontológicos, oferecendo uma excelente relação custo-benefício.

O que você estar esperando para garantir seu novo sorriso???

Gostou desse conteúdo, tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe nos comentários!

Clique aqui e agende sua avaliação!

Seu sorriso e bem estar vem em primeiro lugar!

 

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!