O Que Você Procura ?

dente inflamado

Dente inflamado: causas e tratamentos para este problema

dentista2

Dor de dente é algo que incomoda muita gente, mas muitos não sabem nem sempre é ela que incomoda, em outros casos, podem ser o dente inflamado está incomodando.

A dor causada por ele, pode ser de grande desconforto, tanto que muitos recorrem a outras formas de medicamentos para amenizar o problema.

Descubra aqui neste texto, tudo sobre dente inflamado, desde suas causas até o seu tratamento. Tenha uma boa leitura e vem comigo!

O que é um dente inflamado?

Para que aconteça essa condição, vários fatores são levados em consideração, e quando isso acontece, chamados de Pulpite Aguda.

A pulpite aguda ou dente inflamado, acontece quando acontece o acúmulo de bactérias em decorrência de má higienização ou tratamentos não terminados nos dentes, como é o caso da cárie.

Quando não tratado, o dente inflamado pode ter sua polpa atingida, que é a camada mais interna dele, onde encontra-se nervos e vasos, por isso o nome de pulpite.

Essa inflamação pode levar a casos mais extremos como a endocardite, que pode levar o paciente a morte quando não diagnosticada.

Causas do dente inflamado

Em sua maioria os casos acontecem por causa de cáries. Sendo considerada uma afecção mais benigna da polpa dentária.

Pelo fato da cárie destruir os tecidos, o dente fica mais propício para que determinadas bactérias que estão presentes em sua boca, criem problemas futuros.

Além disso, a cárie pode ser tanto uma doença como um processo patológico infecioso e contagioso, além de afetar os dentes quando acontece sua erupção na cavidade oral.

dentista1

Podendo acontecer em qualquer idade, por exemplo, a primeira dentição. Por isso, é importante entender que precisa manter sua saúde bucal em dia, porque assim você estará se protegendo de um possível dente inflamado no futuro.

Além da cárie, outras causas podem desenvolver uma situação de pulpite, como quedas e pancadas, que levam em algum por causa de traumatismos.

Qualquer tipo de lesão que afete a polpa, mesmo que esse trauma não implique fratura dentária. Mais raramente, situações específicas de trauma crónico podem também estar na base do aparecimento do dente inflamado.

Outros fatores como: o bruxismo e a mastigação incorreta ou desequilibrada (maloclusão), diferenças bruscas de temperatura, radiação ou quimioterapia, agressões com determinados químicos, entre outros, também estão relacionados.

Dente inflamado, sintomas?

Por ser semelhante a uma dor de dente, quando ele está inflamado, é comum sentir dor, que geralmente vai evoluindo de uma dor leve, para dores com maior duração.

A partir disso, as dores podem ir para outras áreas, em alguns casos seu período de maior prevalência é durante a noite.

Quando acontece de o doente inflamar, é possível que venha junto da dor um “inchaço” ou o famoso “dente inchado”, por causa da maior pressão no dente.

Isso pode deixar o rosto levemente mais inchado, principalmente em casos mais graves.

Porém, o dente inflamado pode apresentar outros sintomas, por isso, é importante entender os tipos que podem ter de pulpite e como elas se diferem.

Tipos de pulpite:

O dente inflamado, quando apresenta sintomas mais agudos, pode acontecer em um curto período de tempo, em torno de 2 a 14 dias, com sintomas súbitos e intensos.

A partir disso, a inflamação pode produzir secreções, que variam podendo depender do tipo, são elas:

  • Pulpite serosa, apresenta secreção sem pus e é menos grave;
  • Pulpite supurativa ou purulenta, por apresentar uma infecção, acumula pus e provoca inflamação e sintomas intensos que podem variar.

A partir desses sintomas, elas podem variar entre pulpite reversível e irreversível.

Em que a primeira é quando os nervos e vasos, mesmo estando inflamados, não são destruídos, e tendem a melhorar com a remoção das causas, como cáries;

Já a pulpite irreversível, acontece dos nervos e vasos da polpa serem necrosados e destruídos pela inflamação e infecção.

Nesse caso, é indicado, que seja removida completamente a polpa uma obturação do canal do dente afetado.

Sendo assim, a pulpite aguda tende a ser reversível, entretanto, quando não tratada rapidamente, pode se tornar irreversível.

Já na pulpite crônica, a inflamação do dente acontece aos poucos, de forma lenta, e com uma degeneração mais demorada do dente.

Dente inflamado o que fazer?

Com sintomas mais agressivos, quando o dente inflamado vira uma pulpite crônica, pode se dividir em:

  • Pulpite crônica ulcerativa, quando o dente se desgasta a ponto de expor a polpa, causando sangramento;
  • Pulpite crônica hiperplásica, acontece quando a polpa do dente inflamado se multiplica, por causa da inflamação e forma uma espécie de pólipo – é um tecido extra que surge, causando uma sensação de pressão no dente.
  • Pulpite crônica esclerosante, como em idosos, é marcada pela é uma degeneração que acontece aos poucos devido à idade.

Como diagnosticar ?

Já foi dito aqui e novamente será dito, ao sentir qualquer sintoma, como uma dor de dente, ou outra do tipo, busque um profissional especializado para o assunto.

Para que haja um tratamento, é preciso que seja feito algumas perguntas sobre o paciente, afinal, por meio disso, será possível criar a melhor solução para ele.

Por meio desse diagnóstico, será possível entender como está a saúde da polpa do seu dente, descobrindo assim, se ela está suficientemente saudável para poder ser salva.

Alguns testes precisaram ser feitos para identificar o problema do dente inflamado como o de uma aplicação de um estímulo frio no dente afetado.

Esse estímulo frio, pode ser um gelo, que a partir do momento que entra em contato com o dente parar de imediato ou poucos segundos após a remoção dele, significa que a polpa está salva e encontra-se saudável.

Mas isso não significa que pode adiar sua visita ao dentista assim. É preciso ter uma vida saudável regular.

Dente inflamado tem cura?

Agora que já sabe as causas, se é do tipo reversível ou irreversível, o dentista irá procurar o melhor tratamento para te atender.

Casos de pulpite reversível, geralmente, é possível ser detectada em casos de inflamação mais inicial, em que é feita a remoção da situação irritativa.

Situações como uma cárie, por exemplo, a solução pode ser a restauração do dente, ou, em casos de pancada, a realização de repouso e uso de anti-inflamatórios.

Já para a pulpite irreversível, é feita  em um procedimento chamado endodontia, também existem outros, que se caracteriza pela retirada da polpa do dente, e substituição pela obturação, através de um tratamento de canal.

Porém, em último caso, quando nenhuma das alternativas anteriores for suficiente, pode ser seja necessário extrair o dente.

Mas não é só essa questão que precisa ter atenção, como em casos de pulpite purulenta ou apresentar sinais de infecção, pode ser indicado o uso de antibióticos.

Podendo prescrever outros medicamentos para alívio da dor, como um analgésico ou anti-inflamatório.

remedio para dente inflamado

Remédio para dente inflamado:

Por ser algo comum e que muitas pessoas podem sentir, remédios para diminuírem a dor, recorrendo a remédios caseiros.

É possível encontrar algumas receitas na internet, ou até mesmo alguma receita de vó, como enxaguar a boca com água morna e sal.

Mesmo que essas soluções ajudem a diminuir o desconforto que o dente inflamado pode oferecer, a dica é continuar indo ao seu dentista, afinal, saúde bucal precisa sempre estar em dia.

Você pode garantir seu novo sorriso e manter sua boca saudável agendando sua avaliação gratuita conosco aqui!

E lembre-se, gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário aqui que será um prazer em responde-lo!

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!