O Que Você Procura ?

Coroa

Coroa dentária: veja os 6 tipos principais agora

dentista2

Coroa dentária é o nome que se dá a parte superior dos dentes, possuindo uma forma especifica para cada função. Os mais afiados utilizados para cortar os alimentos na frente, e os de trás, planos com a função de moer e triturar. Porém, devido à traumas, cáries e diversos outros tipos de causas, pode acontecer problemas estética e com a função dental da coroa. Uma forma de solucionar essas adversidades é por meio da coroa de porcelana ou de outros tipos de materiais.

A função da prótese de coroa dentária é revestir o dente natural, assim recuperando suas funções, fazendo o papel de um tipo de capa em volta do dente. As próteses já vêm sendo utilizadas desde o final do século passado, entretanto as tecnologias envolvidas no método mudaram bastante. Se tornando mais resistentes e sobretudo com uma aparência mais natural.

Coroa

Os tipos de coroa dentária mais comuns

Hoje em dia existe diversos materiais para fazer a função de revestir os dente e alguns dos principais veremos logo a baixo.

1. Cerâmica

Utilizando o material cerâmico em todo o corpo para fabricar as coroas, elas não possuem metal em sua infraestrutura. Assim elas conseguem ter a aparência de dentes naturais.

Devido a essa característica em sua aparência as coroas dentárias de cerâmica são fortemente indicadas para tratamentos nos dentes anteriores. Porém, se o paciente apresenta mordida muito forte ou ranger de dentes, não é recomendado esse tipo de material, mas sim algum outro mais resistente.

2. Zircônia

O surgimento das coroas de zircônia se tornou um material revolucionário. Pelo fato de se tratar de materiais altamente resistentes e estéticos. Em sua estrutura interna não existe metal, possibilitando a passagem da luz pela prótese, fazendo ela ficar da mesma cor do dente natural. E ainda pelo fato de material não possuir metal na fabricação não existe a possibilidade de causar alergias e não resulta no aparecimento de manchas escuras junto à gengiva.

3. Metalocerâmica

As coroas dentárias metalocerâmicas são produzidas com uma liga metálica e coberta por cerâmica. Pelo fato de ser mais resistente, além de possuir uma boa estética é o formato mais utilizado e recomendado também para quem possui bruxismo.

4. Totalmente em metal

Por ser um tipo de coroa dentária feita totalmente em metal é o menos utilizado pelos pacientes. A explicação disso está ligado a estética, porque tem uma diferença grande entre a cor da coroa e dos dentes naturais. Entretanto em alguns casos ainda é aconselhável seu uso, por exemplo quando o espaço entre os dentes é pequeno.

5. Resina

Por conta do seu preço ser bem acessível dentre os outros modelos é uma das opções mais comuns e procuradas hoje em dia. Mas deve se atentar para algumas desvantagens, se tratando de um material poroso a resina absorve substancias com bastante facilidade, fazendo a coroa dentária ser uma causa para o mau hálito do paciente. Sua durabilidade também é menor se comparada com os outros tipos de coroas, fazendo com que o material se desgaste e quebre com uma certa facilidade.

dentista1

6. Provisória

Como o próprio nome sugere esse modelo de coroa não é somente provisório. Esse tipo de coroa dentária provisória é fabricado com resina acrílica, podendo ser confeccionada do próprio consultório. Ela é uma maneira do paciente que teve alguma espécie de trauma no dente ou outro problema nos dentes anteriores sair do consultório odontológico, mesmo que de forma provisória, reabilitado.

Quando é preciso fazer o uso da coroa de porcelana?

No momento que é feita uma restauração em um dente que é aparente no sorriso, a opção mais adequada é a coroa de porcelana. Sendo indicada quando é fundamental que a estética seja reparada de forma perfeita.

Para aqueles pacientes que já possuem os dentes mais escurecidos ou com pinos de metal de implante dentário, a coroa de porcelana não fica com uma aparência legal. Pelo fato do material ser transparente, assim, o pedaço escuro do dente e o metal ficará à mostra, impedindo o resultado estético do tratamento.

Esse modelo de prótese é mais apontado para casos de fraturas nos dentes e restauração por tratamento de canal, no momento que é fundamental uma peça para em cobrir parte do dente ou para reparos por danos provocados por cárie.

Como é feito o tratamento com a coroa de porcelana?

Se tratando de um procedimento odontológico, antes de tudo o paciente deve passar por uma avaliação completa para fazer a colocação da coroa de porcelana. Na avaliação o dentista avalia a disponibilidade do tratamento e o tamanho da coroa para realizar sua confecção.

É muito importante procurar um profissional de confiança e especializado nessa área para que o tratamento ocorra da melhor forma possível e não cause nenhum tipo de inconveniente. Seu dentista irá também solicitar exames de raio-x, pois com eles fará uma avaliação da condição óssea do paciente e indicar com mais perfeição como a coroa dentária deverá ser cimentada.

Entretanto, se o paciente apresente problemas, como tártaro e cáries nos dentes ou faz o uso de aparelho ortodôntico, deverá antes de tudo tratar esses problemas antes de iniciar o tratamento para a colocação da coroa.

Após solucionar todas as adversidades, o dentista faz um molde do dente e envia para o laboratório de prótese. Depois de alguns dias a peça é finalizada chegando no consultório, o paciente retorna para fazer a prova e ver se tudo está em conformidade. Depois da prótese encaixada perfeitamente no dente ela é cimentada e o tratamento terminado.

A importância que as consultas de acompanhamento com o dentista possuem

Muitos pensam que depois da coroa cimentada no dente não é necessário mais retornar no consultório para que o dentista possa fazer um acompanhamento detalhado. E é ai que muitos se enganam, pois o dentista deve acompanhar de perto a evolução do tratamento, sendo fundamental o retorno do paciente para que o profissional possa analisar a adaptação da prótese.

Porém o espaço de tempo e numero de consultadas de retorno varia de caso para caso, dependendo da dificuldade de cada caso e somente o dentista poderá falar com precisão tais informações. Afinal, o acompanhamento é de suma importância para a garantia de uma maior durabilidade da prótese.

Então, qual a melhor escolha para a coroa dentária?

A melhor escolha para a coroa dentária é aquela que resolve seu problema e te faz sentir bem consigo mesmo.

Com o passar dos anos as técnicas e tecnologias vão sendo aprimoradas proporcionando uma estética natural e cada vez mais resistentes e antialérgicas. Embora um estudo relata que cerca de 17% das mulheres que usaram algum tipo de metal em próteses possuíram alguma reação alérgica. Gengiva inchada, retração gengival ou inflamação e até a perda de dente em alguns casos é encontrado entre os problemas causado por meio da reação alérgica gerado pelo metal.

É importante questionar o dentista e esclarecer todas as dúvidas, discutindo com ele qual pode ser o melhor material para seu caso.

É necessário cuidados especiais depois do tratamento?

Nós vimos que a coroa dentária tem como característica a recuperação do sorriso e as funções como cortar e triturar os alimentos. Se tratando se uma técnica que deve se ter atenção para os cuidados com a limpeza, escovando os dentes pelo menos três vezes ao dia ou após cada refeição e usar o fio dental pelo menos uma vez por dia, a utilização do enxaguante bucal com antibactericidas também é importante e fazer visitas constantes ao dentista para que ele possa acompanhar sua saúde bucal e ver se tudo está ok.

Então, o que você estar esperando para garantir seu novo sorriso e manter sua boca saudável?

Agende sua avaliação gratuita conosco aqui!

Afinal, gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Deixe seu comentário!

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!