Aparelho Ortodôntico Autoligado: conheça os benefícios

Se você busca por um sorriso perfeito, muitas vezes, o uso de aparelhos odontológicos pode ser uma excelente alternativa para conseguir isso. Entre os diversos modelos existentes, o aparelho ortodôntico autoligado está entre as melhores opções.

dentista2

Oferecendo inúmeras vantagens tanto para o paciente quanto para o dentista, esse recurso para deixar seus dentes perfeitos pode exigir um pouco mais de investimento, mas também garante resultados mais rápidos e com menos dor.

Neste post, você vai descobrir um pouco mais sobre ele, para quais casos é indicado e todas as vantagens que podem ser os motivos que levem você a optar por esse modelo. Leia agora e descubra!

Para que servem os aparelhos odontológicos

Os aparelhos odontológicos são dispositivos desenvolvidos para realizarem o alinhamento dos dentes, que podem ser para fins estéticos ou funcionais.

Aqui, vale ressaltar que esse desalinhamento pode resultar em inúmeras consequências para você, e muitas vão além do fator estético, tais como:

  • dificuldade de higienização, que pode ocasionar problemas como cáries e outras doenças bucais;
  • problemas na mastigação, levando a consequências no processo digestivo que, por sua vez, pode gerar danos estomacais, entre outras sequelas;
  • surgimento de bruxismo, ou seja, hábito involuntário de ranger os dentes, especialmente durante o sono, que leva ao desgaste do dente e até fratura;
  • desenvolvimento de apneia, que é a emissão de ruídos ou interrupção da respiração enquanto se está dormindo.

Como eles funcionam

Existem diversos modelos de aparelhos odontológicos que podem ser divididos, inicialmente, em fixos e móveis.

No caso dos fixos — como é o caso do aparelho ortodôntico autoligado — eles são estruturas responsáveis por fazerem a movimentação dos dentes, posicionando-os para o lugar correto através da aplicação da força.

Para isso, pequenas peças denominadas bráquetes são coladas nos dentes com ajuda de uma resina composta, própria para não danificar nem o esmalte, nem a coloração. Nelas, será fixado o arco ortodôntico (fio) pelo qual o ortodontista efetuará os ajustes periodicamente, até obter o alinhamento total dos dentes.

Outros componentes fazem parte dos aparelhos ortodônticos, mas, de modo geral, todos funcionam da mesma forma: aplicando força para que os dentes voltem à posição certa.

Tipo de aparelhos ortodônticos

Como mencionado anteriormente, são vários os modelos de aparelhos odontológicos. Todos têm o mesmo objetivo, mas cada um é indicado para um caso. Conheça alguns deles:

  • Aparelho fixo convencional (em metal): os convencionais são formados por bandas, fios, bráquetes e elásticos;
  • Aparelho fixo estético: para quem precisa utilizar esse dispositivo, mas quer deixá-lo o mais imperceptível, esses modelos são ideais. Fabricados com coloração semelhante aos dentes, ou mesmo transparentes, eles fazem a função do aparelho convencional, mas de maneira mais discreta;
  • Aparelho móvel: como o nome sugere, esse dispositivo pode ser retirado, ao contrário dos demais. É mais indicado para crianças que tenham, ou não, dentição definitiva, e têm como principal objetivo modificar o crescimento dos ossos e dentes.

O que é o aparelho ortodôntico autoligado

dentista1

O aparelho ortodôntico autoligado faz parte dos modelos fixos. Sua grande diferença está no fato de possuir clipes nos bráquetes, ao invés das tão conhecidas “borrachinhas”. Assim, os fios do arco ficam fixados diretamente nessas peças.

Essa diferenciação, por si só, já é uma das primeiras vantagens do aparelho ortodôntico autoligado, isso porque esteticamente ele fica mais agradável. Afinal, o fio passa por dentro de uma espécie de canaleta e fica preso pelas tampas do bráquete, dispensando o uso das borrachas.

Benefícios do uso desse tipo de aparelho

Os pontos positivos desse tipo de aparelho vão além desses. Veja agora muitos outros que podem colaborar para que você escolha esse modelo.

Maior movimentação e menor atrito

O aparelho ortodôntico autoligado, por ser de metal — ou seja, o arco e a tampa dos bráquetes — o atrito entre elas é menor. Isso possibilita que a movimentação dos dentes ocorra com mais facilidade.

Também por esse fator, os resultados obtidos com esse modelo de aparelho são melhores, principalmente para casos em que há a necessidade de expansão da arcada dentária ou uma movimentação acentuada dos dentes, tais como mordida cruzada, pessoas com problema de deglutição em decorrência do mau posicionamento dos dentes, entre outros.

Tempo de tratamento reduzido

Também por conta da movimentação maior e mais fácil dos dentes, o uso do aparelho ortodôntico autoligado diminui o tempo total do tratamento — em média, sete meses a menos.

Assim, se você quer dentes alinhados e um sorriso mais harmonioso, certamente, a utilização desse modelo de aparelho pode lhe trazer resultados como esses mais rapidamente, e sem perder a qualidade.

Menos visitas ao consultório odontológico

Quem utiliza, ou precisa utilizar aparelhos dentários, sabe que as visitas ao consultório do odontologista são frequentes.

Elas são necessárias para que sejam feitos os ajustes no dispositivo e, com isso, prosseguir com o alinhamento dos dentes.

Agora, caso opte pelo aparelho ortodôntico autoligado, ao invés das consultas mensais comuns quando se usa outros modelos, eles podem ter um intervalo de 8 a 12 semanas. Isso contribui também para não comprometer sua rotina e horários de serviço, cursos, familiares, entre outros compromissos.

Higienização mais fácil

Manter a boca e os dentes limpos é essencial para todas as pessoas, mas para aquelas que utilizam aparelhos odontológicos isso é ainda mais fundamental, além de ser uma atividade que pede mais atenção que a realizada por quem não faz uso desse recurso.

Porém, o fato de estar com inúmeras peças atreladas aos dentes, faz com que a escovação e higienização se torne um pouco mais difíceis necessitando, inclusive, da ajuda de acessórios próprios para essa função, tais como escovas com cerdas menores, passa-fio e outros.

A ausência das borrachinhas oferece mais tranquilidade ao paciente na hora da limpeza, pois não há o risco delas se romperem e solterem os arcos ortodônticos, comprometendo o tratamento.

Mais estético

Ainda falando sobre as borrachinhas, elas podem não ser um grande problema para um público mais jovem que, inclusive, gosta de variar as cores a cada consulta. Agora, para os adultos, quanto mais discreto o dispositivo for, melhor para o seu dia a dia.

Também por isso, o aparelho ortodôntico autoligado se sobressai aos demais. A ausência das ligaduras elásticas, somado à possibilidade de confeccionar os bráquetes em material translúcido, oferece um aspecto estético melhor. Além disso, as peças desse modelo são menores que os convencionais, contribuindo ainda mais para o seu sorriso durante o processo.

Em quais casos o aparelho ortodôntico autoligado é indicado

Agora que você sabe todas as vantagens do aparelho ortodôntico autoligado, especialmente quando comparado aos tipos convencionais, muito possivelmente ele está no topo da sua lista para ser comentado com seu dentista na próxima consulta, não é?

É interessante, e até importante, que você conheça um pouco mais as opções disponíveis atualmente antes de procurar um ortodontista, mas lembre-se sempre que é ele quem vai definir o melhor tratamento para o seu caso.

Além disso, existem dois tipos de aparelho ortodôntico autoligado: o passivo e o interativo. No primeiro, o sistema de fechamento do clipe não faz pressão sobre o fio ortodôntico, resultando em um melhor desempenho na movimentação dentária, mas não sendo tão efetivo para controlar rotação e/ou inclinação dos dentes.

O segundo, interativo, tem dupla função, ou seja, suas presilhas flexíveis que fecham as canaletas do bráquete podem, ou não, pressionar o arco, dependendo da necessidade. Ou seja, somente um profissional pode determinar qual é o melhor para você.

No entanto, saiba que os aparelhos ortodônticos autoligados são indicados em diversas situações de realinhamento dentário, especialmente para tratamentos mais longos ou mais complexos.

Alguns casos em que esse modelo de aparelho é indicado são:

  • alterações ósseas;
  • pessoas com dentes de leite retidos;
  • oclusão dentária (mordida irregular);
  • reposicionamento de dentes encavalados.

Ou seja, as chances dele ser uma excelente opção para melhorar o seu sorriso são muitas!

Como ele pode lhe ajudar

O aparelho ortodôntico autoligado vai lhe ajudar ao fazer o posicionamento correto dos seus dentes. E como dito no início deste post, isso é importante não apenas por questões estéticas, mas para que suas funções bucais, e até respiratórias, não fiquem comprometidas.

Mas para que você conquiste o tão sonhado sorriso perfeito, e tenha de volta sua autoestima, é necessário passar pelas seguintes etapas:

  • Avaliação bucal: consulta com o ortodontista para análise da sua condição bucal, momento em que podem ser solicitados exames de imagem, como os radiológicos, para visualização exata da posição dos seus dentes, bem como a indicação de outros tratamentos antes de colocação do aparelho;
  • Preparação do aparelho ortodôntico autoligado: com sua análise em mãos, o ortodontista providenciará a confecção do aparelho propriamente dito;
  • Colocação do aparelho: o ortodontista fixará os bráquetes nos seus dentes, considerando a movimentação que cada um deve fazer para chegar ao resultado esperado. Após, ele abrirá os clipes para passagem do fio ortodôntico e concluirá a instalação, lhe orientando como proceder a partir dali;
  • Manutenção: mesmo a manutenção desse modelo de aparelho ser mais espaçada que os demais, ela ainda é necessária e fundamental para o processo. Assim, a cada consulta, o profissional trocará os fios, para reposicionamento dos seus dentes.

Pode ser que nos primeiros dias você sinta seus dentes mais sensíveis, ou até tenha momentos de dor. Saiba que isso faz parte do tratamento e que, em pouco tempo, você se adaptará ao uso do aparelho, voltando à sua vida normal.

Para que a passagem por essa etapa do tratamento seja mais tranquila, siga à risca as orientações e recomendações do seu ortodontista, incluindo a atenção com a higiene bucal. Afinal, somente você poderá cuidar dessa parte diariamente, e sua participação e comprometimento são fundamentais para obter os resultados.

Assim, não deixe de escovar os dentes corretamente, principalmente após se alimentar. O uso de aparelhos ortodônticos contribuem para que restos de comida fiquem presos, o que pode levar a outras doenças bucais, como: cárie, placa bacteriana, gengivite e até mau hálito.

Tenha um kit de higiene sempre com você, especialmente se passa longos períodos fora de casa. Faça uso de fio dental como de costume, e use acessórios que facilitam a passagem desse material entre seus dentes.

Hoje em dia, a tecnologia e as novas descobertas permitem que tenhamos acesso mais fácil a inúmeros tratamentos para resolver questões relacionadas à nossa saúde, e os problemas bucais não ficaram de fora.

Mesmo que esteja na fase adulta da sua vida, não pense que passou da época de utilizar um aparelho odontológico como recurso para ter o sorriso que sempre sonhou. Além de trazer mais qualidade de vida de maneira geral, o uso desses dispositivos podem ser essenciais para que você tenha segurança em diversas situações, tanto pessoais, quanto profissionais.

Por tudo isso, ao optar junto com seu ortodontista pelo uso do aparelho ortodôntico autoligado, você estará investindo em um tratamento moderno que oferece resultados mais previsíveis e rápidos. Ou seja, um excelente custo-benefício!

Quer entender ainda mais sobre ele e verificar, pontualmente, se esse modelo de aparelho é o mais indicado para você? Entre em contato conosco agora e agende uma consulta. Em sua visita, nossos especialistas efetuarão uma análise do seu caso e indicarão os melhores tratamentos, sempre com o objetivo de proporcionar um sorriso saudável e bonito, como você merece!

 

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!