Alimentos excelentes para a saúde bucal

Alimentos excelentes para a saúde bucal

dentista2

Sabia que toda sua boca sofre quando você se alimenta de forma incorreta? Ter uma dieta equilibrada é importante não apenas para o bom funcionamento do seu corpo, mas também para sua saúde bucal.

Por isso, dar atenção ao que está consumindo, é a melhor maneira de ter uma vida mais saudável de modo geral.

Para lhe ajudar nisso, relacionamos os alimentos mais indicados para a saúde da sua boca, bem como aqueles que devem ser evitados.

Quer ter um sorriso lindo e super saudável? Então continue neste post!

Por que cuidar da saúde bucal?

É importante lembrar que os alimentos possuem um impacto direto na saúde da sua boca, atingido ela em vários pontos.

Ingerir comidas com alto teor de ácidos ou com muito açúcar, por exemplo, pode ser um verdadeiro veneno para sua saúde bucal. Por isso, conhecer os alimentos presentes no seu prato e escolher bem com o que se alimenta é essencial. Saiba também que o que você consome passa a influenciar sua saúde logo após a fase da mastigação.

Somado a isso, é importante que você saiba que as doenças bucais podem ser o ponto de partida para complicações ainda maiores. Um bom exemplo disso são as cáries, que quando não tratadas corretamente, podem gerar diversas outras doenças atingindo, gravemente, até o coração ou o cérebro.

Por outro lado, nem todas as pessoas têm facilidade de se alimentar corretamente. Seja por questão de gosto, seja até mesmo pela correria do dia a dia, escolher as comidas certas pode ser um desafio.

Quais os melhores alimentos para a saúde bucal?

Existe uma infinidade de alimentos que fazem bem para o organismo de maneira geral. Com relação à saúde bucal, os antioxidantes (substâncias capazes proteger as células sadias do organismo contra radicais livres), por exemplo, ajudam a manter o pH da gengiva equilibrado. Já as fibras, colaboram muito para a higiene dos dentes.

Veja, agora, quais são os alimentos que você pode consumir para ter manter a saúde da sua boca.

Castanha do Pará

A castanha do Pará tem se tornado a semente oleaginosa queridinha dos nutricionistas e nutrólogos. A razão disso é que esse alimento possui grande quantidade de nutrientes essenciais para o organismo.

Para a boa saúde bucal, o óleo natural presente na castanha do Pará é a parte que ganha destaque. Ele é responsável por formar um filme protetor sobre os dentes. Com isso, eles ficam protegidos contra as bactérias.

Isso justifica porque a indicação de comer castanhas, pelo menos, uma vez ao dia, é tão benéfico para a sua saúde bucal e, por consequência, para o seu organismo de maneira geral.

Mas vale um lembrete: apenas não exagere. A castanha do Pará é um alimento bem calórico. Se você não quer comprometer seu peso, siga a orientação de consumir de duas a três por dia.

Brócolis

O brócolis tem em sua composição os minerais cálcio e ferro. A colaboração deles para sua saúde bucal está na criação de uma barreira que protege o esmalte dos dentes.

O cálcio ainda é responsável pela formação e manutenção óssea dos dentes, assim como o fósforo, que também é encontrado nesse vegetal e é fundamental para essa função.

Pera

A pera é uma fruta que ajuda na eliminação da placa bacteriana graças às suas fibras. Ela também ajuda no aumento da produção de saliva, na prevenção de doenças da gengiva e a evitar a cárie.

Com relação à saliva, seu sabor adocicado é o responsável por esse aumento de produção. Já sobre a saúde das gengivas, a pera colabora para melhorar a circulação sanguínea do local. Isso acontece porque sua superfície fibrosa faz uma “massagem” na região.

Frango

Uma das carnes mais consumidas atualmente graças ao seu baixo valor calórico, a carne de frango é outro alimento indicado para melhorar sua saúde bucal, além de ser uma proteína completa.

Seja assado, seja grelhado ou até mesmo cozido, a atuação da carne de frango na saúde da sua boca se dá pelo fato dele ser um alimento cariostático, ou seja, ele não é um produto que pode ser transformado pelos micro-organismos que formam a placa bacteriana.

Essa não metabolização — que também acontece com outro alimento, o ovo — evita a queda do pH da sua boca. Um pH equilibrado também melhora o hálito e elimina a acidez bucal.

Vale ressaltar que a indicação do consumo do frango está em suas partes magras, ou seja, o filé de peito, por exemplo. Procure, sempre que possível, fugir de partes gordurosas, como a pele. Esse cuidado visa não apenas sua saúde bucal, mas evita o aparecimento de outras doenças relacionadas ao alto consumo de gordura.

Tomate

Muito presente na alimentação diária da maioria dos brasileiros, o tomate é rico em vitamina C, especialmente quando consumido assim que picado ou fatiado, e enquanto fresco.

O tomate ajuda a diminuir a presença de bactérias bucais, o que aumenta a proteção dos dentes e da sua boca de modo geral.

Chá verde

Devido ao efeito alcalino (alimento que não é ácido, e possui baixo pH), o chá verde é mais um alimento que vale a pena incluir na sua dieta, especialmente para o cuidado e saúde bucal. Essa ação é a responsável por diminuir as substâncias ácidas da boca. Com isso, você não corre o risco de ter o esmalte dos dentes danificados.

Ele é mais um produto que colabora para o aumento de produção da saliva, que tem papel fundamental para manter a boca saudável. Com isso, o chá verde ajuda na prevenção e no combate do mau hálito.

O chá verde também possui em sua composição um antioxidante chamado Polifenol Epigalocatequina Galato. Essa substância age na prevenção da periodontite, que é uma inflamação crônica causada, principalmente, pelo acúmulo de bactérias no esmalte do dente na gengiva. Ou seja, ele se torna um forte aliado, também, na prevenção dessa doença.

Mas os benefícios desse produto para a sua saúde bucal não param por aí. O chá verde também contém flúor, mineral que previne o aparecimento de cáries. Ele também possui cafeína, que pode ser um excelente substituto do café, o que evita, também, o risco de ter as temidas manchas nos dentes causados por ele.

Se você não tem o costume de consumi-lo, mas se interessou por todas essas vantagens, uma maneira de introduzir o chá verde na sua dieta é optando por ele ao invés do café.

Alimentos excelentes para a saúde bucal

Maçã

Com certeza, você já deve ter ouvido falar que a maçã ajuda a limpar os dentes, não é? E isso é totalmente verdade!

Composta por, aproximadamente, 70% de água e sais minerais, esse alimento contribui para a higiene dos dentes e de toda a parede da gengiva. Por isso, comer uma maçã por dia já ajuda você a eliminar as toxinas que ficam presentes nos dentes.

Ao consumir uma maçã, evite descascá-la. Essa dica é porque sua casca é rica em nutrientes, e também porque ao mordê-la, essa parte da fruta ajuda a fazer a limpeza nos dentes. Esse é um dos motivos pelo qual a maçã é uma fruta conhecida como “escova natural”.

Mas nem por isso você pode ficar sem escovar os dentes após seu consumo. A higienização correta de toda a boca é fundamental, já que a maçã possui açúcar natural, que pode prejudicar seus dentes se não retirado corretamente.

Goiaba

Com grande quantidade de vitamina C em sua composição, a goiaba ajuda na saúde bucal, pois ela evita possíveis sangramentos na região da gengiva, fazendo com que a circulação sanguínea deste local funcione melhor.

Essa fruta também possui antioxidante natural, que evita o acúmulo de bactérias na região da boca. Contribuindo para que problemas de periodontite, como a gengivite, sejam evitados.

Cenoura

Assim como a goiaba e a maçã, a cenoura também ajuda na limpeza os dentes, isso graças à sua superfície fibrosa e dura.

Justamente por esse motivo, é indicado que ela seja consumida crua. Sua superfície pode eliminar até mesmo as placas dentárias de tártaro mais resistentes e grossas.

As fibras da cenoura também ajudam a eliminar o biofilme oral, que é uma massa composta por bactérias da cavidade bucal. Com isso, ela mantém sua boca hidratada e remove bactérias que podem provocar inflamações e doenças bucais.

Salmão

Por ser rico em Ômega 3 — um componente importante para a saliva — o salmão é outro alimento muito importante para a saúde bucal. A sardinha, um peixe de valor mais acessível, é tão rico nessa substância quanto ele.

Esses peixes também contêm vitamina D, que aumenta na absorção do cálcio necessário para a formação de dentes e ossos, deixando-os ainda mais fortes.

Morango

Outro alimento muito bom para a sua saúde dental é o morango. Essa fruta, que possui inúmeras minisementes, ao serem ingeridas, funcionam como uma espécie de limpadores.

Mas sua maior colaboração para uma boca mais saudável se dá pela presença do ácido málico em sua composição, que é um adstringente natural que auxilia na remoção de manchas nos dentes.

Além disso, o morango contém vitamina C, importantíssimo para evitar o acúmulo de placa bacteriana e a gengivite.

Pepino

O pepino é rico em fibras e em água, o que colabora e estimula a produção de saliva. Esses dois componentes fazem com que ele ajude na purificação da boca e, por consequência, colaboram para a limpeza dos dentes.

Somado a isso, tanto sua gengiva, quanto sua língua, são beneficiadas com o consumo do pepino, visto que ele é um importante aliado na prevenção da gengivite e na eliminação das bactérias presentes na boca.

Para que ele traga apenas benefícios para a sua saúde, o indicado é que o pepino seja ingerido durante o almoço, já que ele demora algum tempo para ser digerido. Por isso, seu consumo à noite pode causar um certo mal-estar. Mas nem por isso ele deve ser excluído da sua alimentação.

Queijos e leite

Pode ser uma surpresa para muitas pessoas, mas comer queijo também faz bem para a saúde bucal. Sim, se você ingere queijo, ou até mesmo outros tipos de laticínios, seus dentes ficam mais fortes.

A estrutura dentária é formada, na sua maior parte, por cálcio. Por isso, quanto mais desse componente você incluir na dieta, mais seus dentes ficarão saudáveis.

Além disso, esses alimentos possuem fósforo e caseína, também fundamentais para manter a boa saúde dos dentes.

Porém, é importante que os queijos consumidos tenham um baixo teor de gordura. A ricota, por exemplo, é uma ótima opção para quem está de dieta e ao mesmo tempo deseja cuidar da saúde bucal.

Outra grande vantagem da ingestão de leite e queijo com frequência, é que eles colaboram na prevenção de doenças periodontais, especialmente o leite, que possui grande quantidade de minerais essenciais para a saúde das gengivas.

Cebola

Definitivamente, ela não é a queridinha de muitas pessoas. Porém, vale considerar seu consumo para melhorar a saúde da boca por conta da sua característica antibacteriana.

A ingestão de cebola crua ajuda a prevenir bactérias, que são as grandes vilãs da saúde bucal como um todo.

Gengibre

Um dos alimentos que ganham destaque no combate do mau hálito é o gengibre. Sua ação antioxidante é importante para a saúde bucal.

O gengibre também possui propriedades denominadas anti-inflamatórias. Isso faz com que as gengivites possam ser prevenidas ou até mesmo tratadas com o consumo desse alimento.

Sem contar que o gengibre é responsável por equilibrar o funcionamento do aparelho digestivo, que quando não caminha bem, pode causar estomatites, uma espécie de ferida na boca que se parece como uma afta, o que compromete sua saúde além das questões bucais.

Chiclete sem açúcar

O chiclete sem açúcar é o último desta lista, porque ele não é um “alimento” propriamente dito. Mas ele será citado pois, por incrível que pareça, o chiclete sem açúcar pode ajudar a limpar os dentes e até a prevenir a formação de cáries.
dentista1

Isso porque ele ajuda na remoção das partículas dos alimentos da superfície dental. O ato de mascar chicletes, também estimula a produção de saliva, fortalece os dentes e reduz a acidez da boca, que é uma das condições para o aparecimento da cárie.

Alimentos excelentes para a saúde bucal

Quais alimentos devem ser evitados?

Agora que você conhece um pouco mais dos alimentos indicados para a sua saúde bucal, vale conhecer, também, aqueles que devem ser evitados. Descubra, agora, os principais.

Café

Por mais que seja uma mania nacional, o café uma bebida extremamente prejudicial para os dentes e para a saúde de sua boca como um todo.

A cafeína, substância característica desse alimento, destrói o esmalte dos dentes e faz com que eles escureçam com o passar do tempo. Por isso, é comum notar em pessoas que consomem muito café, a presença de dentes amarelados.

Um fato que agrava essa situação é que, geralmente, quem ingere altas doses de café durante o dia, tende a fumar também. Essa combinação se torna a principal causa de diversas outras doenças, como o câncer bucal, no caso do uso contínuo de cigarros.

Álcool

O álcool colabora para a corrosão da parede dos dentes podendo, inclusive, causar mau hálito e gengivite. Por isso, o consumo dessa substância em excesso é um fator altamente prejudicial para quem busca manter a saúde bucal.

Um exemplo, são os casos de pessoas que têm problema com alcoolismo, em que é muito comum notar o surgimento de diversas infecções bacterianas.

Por tudo isso, se for beber, faça sempre com moderação e procure escovar os dentes logo após o consumo. Seu organismo, de maneira geral, agradece.

Doces e refrigerantes

A principal característica desses alimentos está no fato de serem ricos em açúcar, o que faz com que as cáries se instalem com extrema facilidade na sua boca.

Assim, substituir esses produtos por alimentos com menos açúcar na composição é uma atitude inteligente que colabora, inclusive, para evitar que outras doenças, além das bucais, apareçam.

Porém, como tudo na vida, o equilíbrio é válido quando se fala em consumir alimentos açucarados. Caso você esteja com a saúde em dia e não abra mão de um docinho, lembre-se sempre de escovar os dentes logo após o consumo. Passar o fio dental também é essencial para remover resíduos que podem ficar presos entre os dentes.

Carboidratos refinados

Existem vários tipos de carboidratos. Entre os nutricionistas, é comum dizer que existem os carboidratos bons e os ruins.

São considerados carboidratos ruins os que têm farinha branca na sua composição. Alguns exemplos desses alimentos são os pães, macarrão, pizza, e todos os demais produtos que precisam dela para a fabricação.

Uma forma de consumir esses alimentos e amenizar seus danos é optar pelas versões integrais.

Frutas muito ácidas

Frutas ácidas como tangerina, laranja, limão e abacaxi são ricas em vitamina C e em fibras, o que, de modo geral, não fazem mal para a sua saúde, seja do organismo, seja da boca.

A questão é que esse ácido pode comprometer o esmalte dos dentes quando não eliminados corretamente. Assim, a dica para, apenas, se beneficiar com elas é sempre escovar os dentes após seu consumo.

Alimentos excelentes para a saúde bucal

A importância da ingestão de água para a saúde bucal

Mas não são apenas os alimentos que colaboraram para que você tenha um sorriso mais bonito e uma boca mais saudável.

O consumo de água é indicado para manter o bom funcionamento do organismo de maneira geral. Assim, para a saúde bucal, não poderia ser diferente.

A água possui a capacidade de equilibrar a quantidade de minerais na boca, mantendo a sua salivação dentro dos níveis considerados normais.

A ingestão de água também permite que você mantenha sua boca sempre hidratada, o que previne o acúmulo de bactérias ao longo das horas.

Por isso, é importantíssimo que você mantenha sempre uma garrafinha com água por perto, para que possa ir se hidratando no decorrer do seu dia, colaborando para a saúde da sua boca e de todo o seu corpo.

Como inserir os alimentos certos no seu dia a dia

Diversos fatores do dia contribuem para o consumo de produtos pouco saudáveis, mas que são práticos e que tomam pouco tempo.

Se você quer colocar hábitos mais saudáveis no seu dia, saiba que você pode fazer isso aos poucos. Olhe como:

Acrescente e substitua os alimentos

Uma técnica poderosa é começar a acrescentar alimentos que você não tinha costume de consumir. Dê a chance para que seu paladar prove novos sabores. Você pode se surpreender!

Além disso, a substituição também pode ser uma saída interessante. Se você bebe muito café, por exemplo, pode substituir por um chá que,além de mais saudável para o seu organismo, ainda ajuda na saúde dos seus dentes.

Tente, no mínimo, acrescentar ou substituir por semana. Assim, ao final de alguns meses, você terá feito uma grande revolução na sua saúde, abrangendo todo seu corpo.

Só não caia na tentação de fazer tudo de uma única vez. Além de não dar a chance do seu organismo de se habituar com os novos sabores — e de analisar como ele vai reagir frente a cada novo alimento — a mente também precisa ser trabalhada, devagar, em seu benefício.

Tenha disciplina

Disciplina é outro ponto importante na hora de mudar os hábitos para uma saúde bucal melhor. Pare de dar desculpas a si mesmo dizendo, por exemplo, “semana que vem eu começo” e comece hoje mesmo!

Com tudo que foi descrito aqui, ficou claro que para ter uma saúde bucal melhor, não basta, apenas, escovar os dentes. A visita regular ao dentista faz parte desse processo, mas muitas coisas que você faz diariamente, como os alimentos que consome, também tem grande peso. Por isso, comece a escolher melhor os produtos com os quais se alimenta.

Mas se você ainda tiver alguma dificuldade sobre como fazer isso, comente aqui neste post. Teremos enorme prazer em lhe auxiliar nessa e em outras questões sobre a saúde da sua boca!

dentista

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!