O Que Você Procura ?

afta na língua

Afta na língua: sintomas, causas e como tratar!

dentista2

Afta na língua, quem nunca teve uma afta, que atire a primeira pedra! Apesar de ser uma pequena úlcera, a afta na língua pode trazer um incômodo, atrapalhando até a alimentação.

Por ser algo tão comum, existem inúmeras formas de se tratar. Porém, a ida ao consultório dentista não dever ser deixado de lado, principalmente se a afta na língua continuar por mais de 3 semanas.

Você já se perguntou como surge a afta na língua? Entenda aqui neste texto quando se deve ficar atento a elas e como trata-las, além de mais informações sobre ela.

Uma ótima leitura e vamos lá!

Afta na língua, O que é?

Para entender como elas surgem, precisamos entender o que são primeiramente.

Sendo assim, entende-se como afta uma pequena úlcera que aparece na cavidade oral.

Geralmente, as aftas quase sempre é a formação de úlceras com tecidos macios e flácidos que acontece após alguns acidentes, como morder os lábios, língua ou por causa de algum procedimento, com o uso de aparelhos ortodônticos.

Porém, há casos que elas não somem, trazendo mais incômodo para a vida do paciente. Quando isso acontece é preciso procurar um especialista.

Aftas são pequenas úlceras rasas que aparecem na cavidade oral, geralmente na mucosa bucal, nas gengivas e embaixo da língua.

Elas são ovais, normalmente brancas (ou levemente amareladas), têm bordas avermelhadas e costumam medir aproximadamente 1 cm de diâmetro.

dentista1

Afta na língua, o que pode causar?

As aftas na língua podem aparecer por causa dos acidentes acima, ou por causa de alguma disfunção na sua saúde, quando as pessoas estão com baixa imunidade, podendo ser causada por alguma doença específica ou por uso de medicamentos.

A partir disso, esses são alguns casos que ocasionam as aftas na língua:

HIV/AIDS:

O vírus do HIV, que quando não controlado pode levar à Aids, quando isso acontece, o sistema imunológico é o primeiro a ser atacado, de modo que pessoas infectadas ficam mais propensas ao surgimento de aftas.

CÂNCER:

A imunidade baixa também é um sinal para outras doenças, como o câncer. Mas o seu tratamento, que é a radioterapia e quimioterapia também pode ocasionar o aparecimento de aftas na língua.

DIABETES:

Pacientes diabéticos quando tratados ou com ela mal controlada, tende a ter em sua saliva mais açúcar que o normal. Esse acontecimento promove o crescimento de fungos que facilitam o aparecimento das aftas.

INFECÇÕES VAGINAIS:

Embora nem todas as pessoas tenham conhecimento disso, o mesmo agente causador da afta é o responsável por algumas infecções vaginais.

Apesar de não ser muito perigosa e passível de tratamento quando diagnóstica. Esse tipo de infecção pode causar problemas em mulheres grávidas, em que a doença pode ser transmitida ao bebê durante o parto.

Além desses citados acima, podemos destacar também os seguintes problemas:

  • Período menstrual;
  • Estresse emocional;
  • Mudanças hormonais;
  • Deficiência de ferro, vitamina B12 e ácido fólico na dieta;
  • Alergias a alimentos.

Afta na língua, sintomas

Por mais que seja perceptível quando aparecem, as aftas tendem a apresentar alguns sintomas específicos, que surgem geralmente um ou dois dias antes da afta surgir.

As aftas geralmente surgem lado de dentro dos lábios ou da bochecha, ou na língua, ou no assoalho da boca, no palato mole ou na garganta.

Com o aspecto de manchas rasas, podendo ter formatos redondos e ovais, com uma com seu centro amarelo-acinzentado e as bordas avermelhadas.

Geralmente, sente um ardor ou um tipo de queimação na região afetada.

Quando as aftas aparecem em grande número, é possível que a pessoa sinta dificuldade de engolir alimentos ou líquidos, especialmente os mais ácidos.

Se as úlceras também estiverem em um tamanho maior, não irão possuir um formato padrão, podendo levar várias semanas para curar e consequentemente deixam marcas.

Em outros casos, é possível que apareça gânglios no pescoço, conhecidas também como “ínguas”– similar a um caroço, e casos de cansaço e até febre.

Afta na língua, quando procurar um especialista?

Embora pareça um problema simples e que irá passar, as aftas podem ter reações diferentes por inúmeros fatores, por causa disso, procure ajuda médica nos seguintes casos:

  • Quando surgir aftas muito grandes;
  • Se as crises de aftas forem frequentes;
  • Quando há dificuldade para engolir alimentos ou líquidos;
  • Se a dor não melhora com analgésicos comuns;
  • Quando as lesões durarem mais de três semanas;
  • Quando há lesões nos lábios.

Tipos de afta

Por ser comum na saúde bucal de muitas pessoas, acontece de não associarem as aftas há outros tipos, como as aftas no céu da boca, aftas na língua e afins.

Sendo assim, confira abaixo os tipos de aftas e saiba diferenciá-las quando for necessário.

ESTOMATITE AFTOSA MENOR

Esta é a mais comum dentre elas, podendo afetar uma média de 80% dos pacientes com afta.

Nela, as feridas são geralmente pequenas, podendo ter 1 centímetro de diâmetro, por exemplo. Sua cicatrização leva cerca de uma semana e não deixa cicatrizes.

ESTOMATITE AFTOSA MAIOR

Afetando em torno de 15% dos pacientes, pode ser considerada como a forma mais de afta 15%. Suas feridas geralmente duram entre 2 semanas, podendo se estender. Geralmente apresentam o tamanho maior que 1 centímetro de diâmetro, podendo ser extremamente dolorosos e quando se curam, há presença de cicatrizes.

ESTOMATITE AFTOSA HERPETIFORME

Sendo a mais rara dos tipos de aftas, ocorrem em menos de 5% das pessoas com os sintomas.

Quando ela surge, ocorrem aglomerados de úlceras muito pequenas (menos de 1 milímetro em alguns casos) que às vezes se juntam para formar úlceras ainda maiores e geralmente curam com um pouco mais de uma semana.

Existem mais dois casos também de aftas, que são associadas a outros tipos de patologias, como as aftas traumáticas e aftas alérgicas.

As aftas traumáticas acontecem quando há algum tipo de trauma mecânico, como a presença de uma prótese dentária.

Quando ela não está adaptada corretamente, pode ocasionar nessas úlceras, e quando é por causa de aparelhos ortodônticos, podem aparecer aftas na língua também.

Já as aftas alérgicas, estão associadas com alguma reação alérgica, podendo ser resultantes de algum medicamento ou alimento.

Afta na língua, como curar?

como cura afta na lingua
 Jovem moça com a  mão sobre o rosto sentindo dor, que é um dos principais sintomas da afta na língua, quando não tratada.

Para tratar a afta, é preciso que aconteça o alívio dos sintomas, que pode ser feita por meio de remédios caseiros (com materiais que você já tem em casa) ou por uso de remédios, como analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos, sob orientação médica.

Quando forem remédios de farmácia, as melhores opções podem ser a pomada própria para passar nas feridas que possam surgir na cavidade oral, ou anti-inflamatórios que podem ser aplicados diretamente sobre as aftas.

Remédio para afta na língua

Quando o assunto são remédios caseiros, ações simples podem trazer grandes resultados, para a afta na língua, fazer a escovação dos dentes e usar um enxaguante bucal sem álcool, pelo menos 3x ao dia contribui para que ela desapareça.

Isso acontece por causa das propriedades antissépticas do enxaguante, que tem como objetivo eliminar uma maior quantidade de microrganismos, como as aftas.

Outra dica, é a de aplicar uma pedra de gelo diretamente sobre a ferida dolorida, que serve como uma anestesia local, principalmente se for o caso de uma afta na língua.

Há também que utilize o óleo de melaleuca, que quando aplicado diretamente sobre a afta, seja ela na boca ou língua, ajuda a diminuir os sintomas e na cicatrização.

Também é possível colocar um cravinho-da-índia na boca ou tomar diariamente 1 colher de mel com extrato de própolis, por exemplo que ajudam a prevenir as aftas.

O que é bom para curar afta na língua?

Apesar das aftas poderem surgir por diferentes fatores, é possível ter uma prevenção para que elas aconteçam com uma menor insurgência.

As medidas abaixo, quando seguidas, ajudam a prevenir este problema bucal. Desse modo, temos:

  • Mantenha a higiene bucal em dia;
  • Visite o dentista regularmente;
  • Tenha uma alimentação equilibrada;
  • Evite consumir muito açúcar.

Pronto! Agora que já sabe como cuidar das aftas na língua e na boca, por que não aproveita e agenda uma avaliação?

Afinal, estará contribuindo para o bem-estar da sua saúde bucal, caso tenha interesse, agende sua avaliação aqui.

Gostou do nosso texto? Tem alguma dúvida ou sugestão? Pode deixar nos comentários que será um prazer responde-los.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!