O Que Você Procura ?

abscesso dentário

Abscesso dentário: o que é e quais os sintomas

dentista2

Abscesso dentário é quando há uma formação de pus na região da boca por causa de uma infecção bacteriana, porém, provavelmente você não conheça ou nunca ouviu falar sobre abscesso dentário.

Neste texto, entenda o que é e quais os principais sintomas de um abcesso dentário.

abscesso dentário
Jovem desconfortável com dor no rosto por causa do abcesso dentário.

Os tipos de abscesso dentário

Existem dois tipos, o periodontal e o periapical. O abscesso periodontal se instala ao redor do dente, originado pelo acúmulo de placa bacteriana que evoluiu para tártaro. Crescendo na superfície dentária, chegando a gengiva e osso alveolar.

Já o abscesso periapical ocorre na região da raiz do dente, causado pela infecção dentro de um canal com a polpa morta e que não foi tratada.

LEIA TAMBÉM: Endodontia tudo sobre essa especialidade

O que é abscesso?

O principal fator que leva ao abscesso dentário é a cárie profunda, que chegam a esse nível de gravidade por não ter recebido o tratamento correto. Esse fato se dá porque quando não tratada no inicio, a cárie evolui atingindo a polpa dentária, abrindo uma porta para bactérias que infeccionam a raiz do dente.

Acredita que até uma simples casca de pipoca que ficou presa no entre os dentes e a gengiva causa esse problema? Os micro-organismos se aglomeram no lugar onde ficou o resto de comida, causando uma infecção.

Abcesso dentário: principais fatores

Alguns fatores podem aumentar o risco de abscesso dentário, como:

Maus hábitos de higiene bucal

Não escovar os dentes e não usar o fio dental diariamente, aumenta o risco de complicações dentárias e bucais, como a doença periodontal, o abscesso e a cárie, pode aumentar significativamente.

Excesso de açúcar

Além do consumo normal, o açúcar faz mal ao organismo e é especificamente prejudicial para os dentes. Por exemplo, refrigerantes, doces, entre outros alimentos ricos em açúcar podem causar a cárie, que pode transformar em infecções ou abscessos dentários.

dentista1

Outros problemas de saúde

Diabetes ou outro tipo de doença autoimune, são doenças que podem aumentar a probabilidade de um abscesso dentário,  portanto, o cuidado bucal adequado e avaliações odontológicas regulares é essencial.

Abscessos dentários sintomas

Os sintomas causados pelo abscesso dentário vão de inchaço das gengivas, bochechas e nódulos linfáticos do pescoço, dor intensa que pode chegar ao maxilar, pescoço e ouvido, até febre. Existe também a chance de sensibilidade nos dentes.

Se por um acaso observar um inchaço da boca, bochechas ou pescoço, deve se procurar um profissional urgente, porque um abscesso quando não tratado da forma correta pode levar a ter infecções mais graves causando até a morte.

abcesso dentário diagnóstico
O abcesso dentário pode causar muito desconfortos, de modo que o paciente possa sentir dores acompanhada de outros sintomas no rosto e cavidade oral.

Abcesso dentário diagnóstico

Há alguns exames especializados para confirmar se está ou não com um abscesso dentário, entre eles:

Teste de percussão:

O dente com abscesso é mais sensível ao toque ou à pressão, portanto, o dentista pode tocar e pressionar o dente em questão e determinar o nível de dor.

Radiografia

A radiografia é outro tipo de exame de imagem (como tomografia computadorizada) que pode ajudar a identificar um abscesso,  nesse sentido, o dentista pode solicitar algum desses exames para ter certeza.

Exames laboratoriais

Quando o tratamento de primeira linha, que é feito com antibióticos não ajudar a combater a infecção, o dentista coleta uma amostra de pus do abscesso para descobrir que tipo de bactéria está causando a infecção. Esse exame ajuda a identificar um  tratamento mais eficaz para esse caso específico.

Como prevenir um abscesso dentário

Existem algumas maneiras de prevenir  abscesso, de modo que ele não se desenvolva causando problemas mais graves.

A principal forma de prevenção é manter a higiene bucal em dia, pois sua falta gera acúmulo de bactérias, consequentemente levando o surgimento de cáries e se não tratada ao abscesso.

Por fim, o que deve ser feito pra manter os dentes fora desse problema é a escovação logo após as refeições.

O uso do fio dental é muito importante também, pois ele chega nos lugares onde só a escova de dentes não chega. E para melhorar ainda mais a higiene da boca, o uso do enxaguante bucal não pode ficar de lado.

Fazendo seu uso logo após a escovação. Se atentando no período de uso da escova de dente, trocando a cada três meses, porque depois de três meses em média ela já não realiza uma limpeza eficaz.

Outro fato importante que ajuda a prevenir problemas na saúde bucal e infecções é a diminuição da ingestão de açúcar. Além de ajudar na saúde do corpo também. Ir ao dentista periodicamente é essencial para impedir qualquer tipo de problema bucal.

Abcesso dentário tratamento

Tratar um abscesso envolve diferentes tipos de procedimentos, por exemplo, a drenagem do abscesso e a eliminação da infecção na área.

Contudo, um tratamento de canal pode salvar o dente, mas há casos em que pode ser preciso remover o dente completamente.

Deixar um abscesso dentário sem tratar pode levar a complicações graves. A partir disso, o profissional pode recomendar as seguintes opções:

Tratamento de canal

Se for possível, o dentista tentará salvar o dente com o abcesso por meio de um tratamento de canal.

Nesta etapa do tratamento, é feita uma limpeza no dente e ele é desinfetado por fora. Logo depois ele é perfurado e limpo por dentro e por fim preenchido com um cimento adesivo, que protege o dente de futuras infecções.

Dessa forma, com os devidos cuidados, o dente restaurado pode durar pelo resto da vida.

Antibióticos

Quando a infecção se espalha próxima da área afetada pelo abscesso, dentista irá prescrever antibióticos com o intuito de ajudar a diminuir a infecção, especialmente casos que o sistema imunológico é fraco.

Enquanto a área se cicatriza, bochechos regulares com água morna e sal e analgésicos podem ser recomendados por um dentista.

Porém, os antibióticos só são necessários para ajudar a aliviar qualquer desconforto que você possa sentir.

Extração 

É o último recurso para o dentista, sendo escolhido quando o dente não pode ser salvo, a partir disso, o profissional escolherá a melhor opção para preservar a saúde bucal. O dente sendo extraído, o abscesso é totalmente drenado e limpo para evitar novas infecções.

Assim como já conhece os tipos de tratamentos para um abcesso dentário, a hora agora é de identificar qual dentista ou profissional irá escolher para fazer um desses tratamentos. De modo que juntamente dele, consiga achar a melhor solução para tratar o dente com abcesso.

Escolhendo um dentista

Agora, é escolher um dentista para cuidar da saúde bucal, lembre-se sempre de pesquisar e avaliar antes suas indicações.

Por mais que você deseja mudar o sorriso em pouco tempo, é importante entender que um bom tratamento ortodôntico precisa de tempo e acompanhamento.

Dessa forma, tome cuidado com tratamentos de valores muito baixos ou resultados milagrosos em poucos dias.

dentista

Deixe um Comentário

(0 comentário)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo Agende Uma Consulta Agora!